Osmar Filho distribui alimentos na Vila Palmeira

Osmar Filho distribui alimentos na Vila Palmeira

Uma ação do presidente da Câmara Municipal de São Luís, Osmar Filho (PDT) chegou, na quarta-feira (16), ao bairro da Vila Palmeira, com a distribuição de cestas básicas a centenas de famílias que têm sofrido com os impactos negativos desta pandemia.

“Todos nós sabemos que ainda estamos sofrendo os impactos da pandemia. O alimento ficou mais caro, a oferta de emprego diminuiu e em consequência disto, tudo tem ficado mais difícil. Vai demorar um tempo para que tudo volte à normalidade e uma das formas que achamos para amenizar o sofrimento das pessoas em toda a cidade e em alguns municípios do estado é a distribuição de alimentos”, falou o vereador.

O pedetista agradeceu o apoio do senador Weverton (PDT), que sempre tem sido parceiro nessas ações. Da mesma forma, destacou a colaboração do suplente de vereador Daniel Foca e dos líderes comunitários Givanildo Reis, Raimundinho e Obama na operacionalização da entrega dos alimentos.

“Parabéns ao vereador Osmar e ao senador Weverton por estar levando comida à mesa das famílias que estão passando necessidade neste momento de crise. Não é só doar uma cesta. É doar amor, é promover a união, é sermos solidários uns com os outros para prosperarmos nesta terra”, disse Foca.

Secretário Diego Baluz tem 10 dias para apresentar planilha de custo do transporte público

Secretário Diego Baluz tem 10 dias para apresentar planilha de custo do transporte público

Secretário Diego Baluz (Foto: Fabricio Cunha)

Depois de tentar adiar a sessão de convocação, o secretário de Trânsito e Transportes de São Luís, Diego Baluz, compareceu à Câmara Municipal de São Luís para prestar esclarecimentos aos vereadores sobre os custos do sistema público de transporte. A sessão ocorreu devido a um requerimento do vereador Marquinhos Silva (DEM) que foi aprovado por unanimidade na Casa na sessão da quarta-feira, 16.

A audiência durou mais cinco horas e o clima na Câmara foi tenso. Os vereadores reclamam do titular da Secretaria de Trânsito e Transportes (SMTT) que não trouxe a planilha de custos completa para apresentar aos parlamentares. Segundo Diego Baluz, não houve tempo hábil para reunir os 50 itens que compõem a planilha.

A argumentação do secretário, no entanto, foi criticada pelo autor do requerimento da convocação. De acordo com Marquinhos Silva, a Prefeitura de São Luís paga cerca de R$ 93 mil por mês para empresa de consultoria que é responsável por reunir os dados sobre o sistema público de transporte.

Pressão

Sem dados completos da planilha de custos, os vereadores passaram a pressionar Diego Baluz por informações em relação ao contrato e sobre a fiscalização dos serviços prestados pelas empresários.

Com a pressão, o titular da SMTT passou a falar sobre ações da gestão de Eduardo Braide (Podemos) como asfaltamento de 50 quilômetros de vias na capital.

Os vereadores se revoltaram e reclamaram que Baluz estava somente fazendo “propaganda do governo de Braide”.

Aliados

Os aliados do prefeito Eduardo Braide tentam minimizar a falta de dados da SMTT e depositam a culpa de todos os problemas no sistema público de transporte à licitação feita na gestão de Edivaldo Júnior (PSD). Outro argumento dos governistas é de que o tempo foi curto para que todos os dados fossem reunidos e organizados.

Prazo

Ao final da reunião ficou acordado que a Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes terá 10 dias para apresentar não somente a planilha de custos, mas também outras documentações solicitadas por parlamentares, e ainda manifestação acerca da criação de um Grupo de Trabalho que discutirá o Transporte da Capital.

 

 

 

São Luís chega no terceiro dia de greve de ônibus

São Luís chega no terceiro dia de greve de ônibus

Greve dos rodoviários teve início na quarta-feira (16). (Foto: Reprodução)

Entrou no terceiro dia nesta sexta-feira, 18 de fevereiro de 2022, a greve de rodoviários na Grande São Luís (MA).

O impasse entre empregados e patrões persiste, diante da pauta de reivindicação. Desde a última quarta-feira (16), os trabalhadores estão de braços cruzados.

Para buscar uma solução, na manhã de hoje, será realizada uma audiência de conciliação entre o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de São Luís – SET, a Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes-SMTT, e o Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviários – STTREMA.

A reunião, que foi convocada pela Desembargadora Solange Cristina, do Tribunal Regional do Trabalho da 16ª Região, ocorrerá virtualmente, em decorrência do atual cenário da Covid-19.

O Sindicato dos Rodoviários do Maranhão informou que a audiência contará com a participação de representantes do sindicato dos trabalhadores, do sindicato patronal, e a SMTT, visando a celebração do acordo da Convenção Coletiva de Trabalho com vigência para 2022.

Mulher é sequestrada, estuprada, torturada e mantida em cárcere privado no MA

Mulher é sequestrada, estuprada, torturada e mantida em cárcere privado no MA

Mulher é sequestrada, estuprada, torturada e mantida em cárcere privado por três meses em região de mato fechado no interior do Maranhão — Foto: Divulgação/Polícia Civil do Maranhão
Mulher é sequestrada, estuprada, torturada e mantida em cárcere privado por três meses em região de mato fechado no interior do Maranhão — Foto: Divulgação/Polícia Civil do Maranhão

Nessa quarta-feira (16), um homem foi preso em flagrante, após sequestrar, estuprar e torturar uma mulher na cidade de Boa Vista do Gurupi, a 236 km de São Luís. Segundo a polícia, a vítima foi mantida em cativeiro, por três meses, em uma região de mata fechada no município.

De acordo com o delegado Carlos Magno Magalhães, o homem conheceu a vítima na cidade de Carutapera, a 241 km da capital, e criou “uma certa obsessão” por ela, sendo a mulher ainda casada. As investigações apontam que o homem afirmava que amava a vítima e que ela só poderia ser dele. Na época, o suspeito ainda chegou a ameaçar de morte o, até então, companheiro da vítima.

E, há cerca de três meses, o homem invadiu a residência da vítima de onde roubou vários objetos de valor e sequestrou a mulher.

A polícia aponta que o suspeito manteve a vítima em cárcere privado por três meses, em uma região isolada no meio da mata fechada, em um local insalubre, próximo ao povoado Sodrelândia, em Boa Vista do Gurupi. Após denúncias, os investigadores da Polícia Civil de Carutapera adentraram na mata, localizaram o cativeiro e libertaram a vítima.

O delegado Carlos Magno disse que, durante os três meses que esteve em cárcere privado, a vítima foi estuprada e torturada por várias vezes. Em certas ocasiões, o agressor chegou a colocar a vítima numa posição que em caso de um movimento brusco, a mesma poderia se enforcar.

Ainda de acordo com a polícia, no momento da ação policial, o sequestrador reagiu à ação da Polícia Civil com uma arma de fogo e acabou sendo alvejado com dois disparos pela equipe de investigadores. Mesmo ferido e preso, o homem não parou de ameaçar a vítima, dizendo que seria preso, mas que voltaria para matar ela.

O homem foi socorrido e levado ao hospital da cidade de Boa Vista do Gurupi e logo após transferido ao hospital da cidade de Governador Nunes Freire.

 

Inmet emite novo alerta de perigo por chuvas intensas no Maranhão

Inmet emite novo alerta de perigo por chuvas intensas no Maranhão

Meteorologia emite alerta amarelo de chuvas intensas no Maranhão — Foto: Divulgação

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu, nesta quinta-feira (17), novo alerta de chuvas intensas com grau de potencial ‘perigo’ para as próximas horas no Maranhão. O aviso é válido até esta sexta-feira (18), e abrange o Centro, Leste, Norte e Sul Maranhense.

Segundo o Inmet, durante esse período, podem ocorrer chuvas entre 20 e 30 milímetros por hora e de 50 a 100 milímetros dia, além de ventos intensos, entre 60 e 100 quilômetros por hora.

Há riscos de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e descargas elétricas.

Em caso de rajadas de ventos, não se abrigue embaixo de árvores, pois há risco de queda e descargas elétricas. Também não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda. Se possível, desligue aparelhos elétricos e quadro geral de energia.

Em caso de alto risco, a população deve procurar ajuda junto à Defesa Civil pelo telefone 199 e ao Corpo de Bombeiros, pelo 193.
Secretário terá que explicar na Câmara sobre planilha de custo e subsídio aos empresários de ônibus

Secretário terá que explicar na Câmara sobre planilha de custo e subsídio aos empresários de ônibus

Secretário Diego Baluz vai prestar esclarecimentos sobre a greve de rodoviários

Durante sessão plenária, realizada na manhã desta quarta-feira (16), a Câmara Municipal de São Luís (CMSL) aprovou um requerimento pedindo a convocação do secretário municipal de Trânsito e Transportes, Diego Baluz, para prestar esclarecimentos aos parlamentares e à sociedade sobre a real situação da greve que acontece em toda a capital.

O encontro foi marcado para amanhã, quinta-feira (17), no plenário Simão Estácio da Silveira ou de forma remota, conforme deliberação da Mesa Diretora da Casa. A audiência está prevista às 9h00, no horário regimental.

De autoria do vereador Antônio Marcos – o Marquinhos (DEM), o documento foi assinado e subscrito por mais de 18 vereadores, incluindo parlamentares que são da base governista no Legislativo. Por ser uma convocação, caso o secretário não compareça à reunião, pode sofrer algumas sanções.

“A nossa querida cidade, por mais uma vez, no intervalo de 06 meses, tem a paralização de 100% da operação do sistema de transporte coletivo, pelo o Sindicato dos Rodoviários de São Luís, situação que vem gerando danos imensuráveis a vida social e econômica para cidade”, declarou Marquinhos ao justificar a apresentação da propositura.

Resposta contundente

O requerimento aprovado exige a apresentação da planilha de custo da operação do transporte coletivo municipal, além de detalhes sobre a fonte de recurso destinado ao auxílio emergencial concedido ao transporte público de São Luís e informações sobre a tarifa da operação do transporte coletivo municipal.

“A gente entende que existe uma CPI tramitando nesta Casa sobre o transporte público, mas, de forma urgente, precisamos saber da Prefeitura de São Luís, do governo municipal, quais providências estão sendo tomadas para resolver esse problema que é um gargalo. A Câmara de São Luís, enquanto representante da população ludovicense, tem a responsabilidade de fazer essa interlocução”, completou Marquinhos.

Sistema sem transparência

Durante a sessão, a convocação do titular da SMTT repercutiu entre os vereadores. Para o vereador Paulo Victor (PCdoB), 2º vice-presidente da Casa, a proposição não pode ser encarada como um ato de politicagem ou perseguição. Segundo ele, os parlamentares só tomaram essa posição, devido a falta de transparência no sistema de transporte.

“De fato, a gente precisa de informações. Isso não é um ato de politicagem ou perseguição, mas a sociedade precisa acompanhar o que está acontecendo, pois já é a segunda greve deflagrada em curto espaço de tempo, algo sério. Então essa Casa convoca o secretário para que dê esclarecimentos e, principalmente, apresente as estratégias da prefeitura para agir nesse momento e garantir a retomada do transporte público em São Luís”, concluiu.

Pauta de reivindicação

A greve foi anunciada nesta terça-feira (14), após Assembleia Geral entre os rodoviários. A categoria, que pede um reajuste salarial de 15%, alega que não chegou a um acordo com o Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros (SET).

Além do reajuste nos salários, os trabalhadores reivindicam ainda tíquete-alimentação no valor de R$ 800, inclusão de um dependente no plano de saúde, regularização dos salários atrasados e que sejam assegurados os empregos dos cobradores de ônibus.

Sindicato dos Rodoviários descumpre decisão judicial e paralisa 100% da frota de ônibus em São Luís

Sindicato dos Rodoviários descumpre decisão judicial e paralisa 100% da frota de ônibus em São Luís

Sindicato dos Rodoviários descumpre decisão judicial e paralisa 100% da frota de ônibus em São Luís

Rodoviários paralisaram 100% da frota de ônibus desde o início da manhã desta quarta-feira (16), contrariando decisão do Tribunal Regional do Trabalho (TRT).

Como destacamos mais cedo, duas decisões judiciais determinam 80% da frota da capital em circulação mesmo com a anunciada greve dos rodoviários.

Este é o primeiro dia consecutivo de paralisação, que prejudica mais de 600 mil pessoas na Grande São Luís.

Contrato de R$ 11,9 milhões da Assembleia Legislativa com a TV Difusora levanta suspeitas

Contrato de R$ 11,9 milhões da Assembleia Legislativa com a TV Difusora levanta suspeitas

Dinheiro público para pagar “aluguel de antena” estaria beneficiando emissora do próprio chefe do Legislativo em Pinheiro

 

‘Mamata’ da TV Difusora com a Assembleia Legislativa rende quase R$ 12 milhões

Apesar da situação dramática que muitos maranhenses vivem por conta da Covid, com perda de empregos e aumento da fome que aumenta drasticamente, o presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, Othelino Neto (PCdoB), vai na contramão da lógica com um contrato anual de R$ 11.968.400,00 firmado com o Sistema Difusora, que teria como um dos sócios, o senador Weverton Rocha (PDT). O custo mensal da proposta é de R$ 1,2 milhão, representando mais de 60% do faturamento total da emissora.

 

A empresa de radiodifusão contratada, por meio de Pregão Eletrônico, ficou responsável em retransmitir o sinal da TV Assembleia ocorreu para 39 municípios maranhenses, um processo de expansão do sinal da emissora para mais 27 cidades do interior do Estado, somando-se aos municípios da Região Metropolitana de São Luís.

 

De acordo com as informações, o objetivo era transmitir as sessões plenárias, por meio da emissora legislativa, para municípios com mais de 40 mil habitantes do interior do Maranhão. O problema, entretanto, é que o contrato de retransmissão estaria ferindo alguns dispositivos da legislação e pode colocar deputado e senador no radar do Ministério Público Federal (MPF).

 

A transação comercial faz de conta que 100% dos habitantes das cidades estão cobertos pelo sinal transmitido da TV Assembleia pela Difusora, o que é uma grande mentira, pois as repetidoras do interior, em geral mantidas por prefeituras, estão sob a Lei Federal 9.612 de 19/02/1998, que institui o Serviço de Radiofusão Comunitária, que prevê potência limitada a um máximo de 25 watts e altura do sistema irradiante não superior a trinta metros. Ou seja, o sinal vai muito mal a um raio de 3 km de torre, jamais vai aos povoados, onde se concentram mais de 40% dos moradores desses municípios.

 

Outra ferida na lei, é que essas emissoras do interior não podem sob hipótese alguma, cortar o sinal da rede a que estão ligadas, no caso, do SBT. Pior ainda: a TV Difusora, como concessionária de um serviço público, não pode vender programação para repetidoras primárias, buscando faturar alto, às custas de estruturas bancadas com o dinheiro do povo.

 

 

O SBT, de Sílvio Santos, bem como o seus anunciantes nacionais, estão sendo lesados, porque seus programas e seus anúncios estão sendo cortados das 9h às 12h. O programa desse horário é justamente o Bom Dia & Companhia, da Sílvia Abravanel, filha do dono da rede.

 

De acordo com as denúncias, onde essa prática criminosa seria mais visível, na cidade de Imperatriz, a Difusora se utiliza de outro subterfúgio: retransmite por um subcanal do seu transmissor digital, ou seja, paralelamente à programação da rede.

 

Curioso, é que a Assembleia Legislativa tem o seu próprio Canal, a TV Assembleia, e com menos do que está gastando com a emissora de Weverton Rocha, poderia instalar suas micro retransmissoras no interior. Do jeito que está, qualquer deputado pode requerer uma parcela do montante que a Difusora está faturando com a exploração de sua imagem numa operação comercial. Seria o direito de imagem, tal como cobram os jogadores de futebol pelas transmissões patrocinadas das partidas das quais participam.

 

Dos dois lados do balcão

 

Mais curioso ainda é que entre as retransmissoras beneficiadas consta a TV Nova Difusora de Pinheiro, que seria controlada pelo presidente Othelino Neto. A emissora pinheirense, que tem como dono de fato, o próprio chefe do Legislativo – que figura como contratante –, vai receber 12 parcelas de R$ 36 mil, um total de R$ 432 mil, conforme consta no contrato Nº 045 / 2021.

 

A suspeita é de que a transação comercial estaria supostamente sendo usada para outros negócios nada republicano envolvendo justamente o Sistema Difusora de Comunicação (DIFUSORA COMUNICAÇÃO S/A), recentemente adquirido pelo advogado Willer Tomaz, compadre do senador Weverton Rocha. Os detalhes, entretanto, serão revelados nas próximas matérias.

 

TRT-MA determina 80% da frota de ônibus em circulação durante greve

TRT-MA determina 80% da frota de ônibus em circulação durante greve

Duas decisões do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) no Maranhão determinam que 80% da frota de ônibus de São Luís em circulação mesmo com a anunciada greve dos rodoviários, marcada para iniciar-se à 0h de quarta-feira, 16.

O primeiro despacho é do desembargador Luiz Cosmo Júnior, numa ação da Prefeitura de São Luís. O segundo, da desembargadora Solange de Castro.

A paralisação foi confirmada em assembleia geral dos trabalhadores. Na semana passada, durante audiência no MPT- MA, os empresários fizeram uma proposta para considerada “desrespeitosa” pelos trabalhadores: conceder reajuste salarial de 5%, mas com a demissão de todos os cobradores do sistema

DataIlha aponta empate técnico entre Weverton e Brandão

DataIlha aponta empate técnico entre Weverton e Brandão

A pesquisa DataIlha, contratada pela TV Metropolitana, que chegou a ser suspensa pelo Tribunal Superior Eleitoral após pedido do PDT, foi liberada e divulgada nesta terça-feira (15).

O levantamento apontou um equilíbrio na disputa pelo Governo do Maranhão, tanto que houve um empate técnico entre os pré-candidatos Carlos Brandão (PSB) e Weverton Rocha (PDT).

Na pesquisa, Weverton aparece com 14,4%, seguido de perto por Brandão que aparece com 12,6%. Os demais não conseguiram alcançar dois dígitos, como demonstra a figura acima.

O que chamou atenção no levantamento é a quantidade de pessoas que ainda estão indecisas e/ou não quer votar em nenhum dos nomes apontados pelo levantamento.

Senado – Na disputa para o Senado, a liderança em todos os cenários apresentados a liderança é do governador Flávio Dino.

Num cenário, Dino venceria o ex-prefeito de São Luís, Edivaldo Júnior (PSD), por 45,1% contra 20,2%. Já num segundo cenário, o governador venceria o presidente da FAMEM, Erlanio Xavier (PDT), por 49,7% contra 9,9%.

A pesquisa foi realizada entre os dias 08 e 11 de fevereiro de 2022, ouvindo 2.000 eleitores. O levantamento foi registrada no TSE sob o nº MA-00422/2022, com margem de erro de 2,2% e tendo o nível de confiança é de 95%.