Blogueiro comunista é preso em Imperatriz

Blogueiro comunista é preso em Imperatriz

 

Fabrício Oliveira com o governador Flávio Dino 

Um dos maiores produtores e compartilhadores de fake news do Maranhão, o blogueiro Fabrício Oliveira (PCdoB), foi preso na madrugada do último dia (24), em Imperatriz, em cumprimento a um mandado de reclusão em aberto, expedido pela Justiça de Goiás.

É verdade que blogueiro fake não foi preso pelos seus crimes cibernéticos, mas sua detenção causou estrago na nefasta política de comunicação do submundo comunista em mentir, agredir, vilipendiar e desconstruir reputações de adversários políticos.

Fabrício Oliveira é useiro e vezeiro da prática de fakes news na redes sociais e sempre demonstrou ser uma pessoas de livre trânsito com figurões do PCdoB/MA, inclusive com o governador Flávio Dino – há uma infinidades de fotos postadas pelo próprio “fake newszeiro”, agora um preso de Justiça.

Fabrício Oliveira com o secretário Clayton Noleto (Sinfra)

Prisão

Fabrício foi abordado por policiais do 3º Batalhão de Polícia Militar do Maranhão em uma rua de Imperatriz conhecida por ser acesso a bocas de fumo muito frequentada por usuários de drogas da cidade.

Fabrício Oliveira com Adonilson Lima (superintendente de Articulação Política na regional de Imperatriz).

Sobre o mandado de prisão, a PM descobriu, por meio de consulta ao Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops), que o blogueiro era foragido da Justiça goiana, que o condenou por assalto a mão armada. Segundo dados do Banco Nacional de Mandados de Prisão, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), um segundo mandado de prisão em desfavor do blogueiro continua em aberto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.