Maranhão registra 1 milhão de doses aplicadas contra a Covid-19

Maranhão registra 1 milhão de doses aplicadas contra a Covid-19

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), concedeu uma coletiva de imprensa, nesta sexta-feira, 23, para falar do panorama sobre a situação da pandemia no estado.

O chefe do executivo anunciou a prorrogação das atuais medidas vigentes para mais uma semana.

Durante a coletiva, Flávio Dino anunciou que o Maranhão registrou 1 milhão de doses aplicadas contra a Covid-19.

“Os esforços não podem parar! Estamos na luta por mais vacinas e, em breve, mais pessoas serão imunizadas”, disse o governador Flávio Dino.

 

Leia mais notícias em www.dalvanamendes.com e siga nossas páginas no Facebook, no YouTube e no Instagram. Envie informações à Redação do Blog por WhatsApp pelo telefone (98) 98784-1834

 

Nato da Nordestina recebe kits do Governo para incentivar pescadores de Vitória do Mearim

Nato da Nordestina recebe kits do Governo para incentivar pescadores de Vitória do Mearim

O Prefeito de Vitória do Mearim Nato da Nordestina recebeu na manhã desta quinta-feira (22), kits de pesca para incentivar o trabalho de pescadores do município.

O kit  contém, 5 motor rabeta, 5 caixa térmica, 10 coletes e 5 redes na companhia do Deputado Estadual Hélio Soares, na Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca, na Capital Maranhense.

Com um novo método de gestão pública municipal, a população de Vitória do Mearim já ver a constante mudança no município, bem como anseios da população serem atendidos pelo gestor municipal.

Nos próximos dias, novos equipamentos devem serem anunciados pelo chefe do executivo, para fortalecer ainda mais a agricultura e pesca da Cidade Baixadeira.

 

Leia mais notícias em www.dalvanamendes.com e siga nossas páginas no Facebook, no YouTube e no Instagram. Envie informações à Redação do Blog por WhatsApp pelo telefone (98) 98784-1834

Prefeitura fortalece educação na pandemia nos 100 dias de gestão em Ribamar

Prefeitura fortalece educação na pandemia nos 100 dias de gestão em Ribamar

 

A educação é um dos pilares para o futuro de toda a cidade, mas tem tido prejuízos com a pandemia do novo coronavírus. Em São José de Ribamar, a situação também é de se reinventar e buscar estratégias para uma educação de qualidade e foi isso que a prefeitura realizou nos 100 primeiros dias de gestão, por meio da Secretaria Municipal de Educação (SEMED).

Logo no início, foram realizados Planejamento e Organização da Jornada pedagógica. Além disso, houve a Oficina de Ensino Remoto, elaboração de calendários e estruturação da base da educação.

A prefeitura também prestou contas com as 31 escolas comunitárias com recursos do Fundeb, 35 escolas com recursos do PNAE e escolas da rede municipal. No transporte escolar, foram revisados 14 ônibus e, para os próximos dias, prevê a revisão de mais 11 unidades.

A educação básica de São José de Ribamar, mesmo com o ensino remoto, segue utilizando ferramentas em plataformas on-line, como, por exemplo, you tube, whatsapp e google. Já para os alunos que não tem esse acesso, as escolas disponibilizam material para dar continuidade às atividades dos 26.004 alunos da Rede Municipal.

Como forma de ampliar as ferramentas de acesso às aulas, a SEMED planeja o início do projeto TV Aulas, que visa garantir a interação com a escola por meio da TV aberta. As aulas serão ministradas e apresentadas pela TV, diariamente.

Todo esse processo é uma forma de buscar soluções para enfrentar as dificuldades que a pandemia proporcionou, mas que a prefeitura de São José de Ribamar tem criado soluções para facilitar o acesso aos conteúdos em época de pandemia.

 

Leia mais notícias em www.dalvanamendes.com e siga nossas páginas no Facebook, no YouTube e no Instagram. Envie informações à Redação do Blog por WhatsApp pelo telefone (98) 98784-1834

Mais 15 municípios do Maranhão decretam estado de calamidade pública

Mais 15 municípios do Maranhão decretam estado de calamidade pública

Mais 15 municípios maranhenses conseguiram o aval da Assembleia Legislativa para decretar estado de calamidade pública em decorrência da pandemia da covid-19.

O decreto legislativo, aprovado na sessão desta terça-feira (20), deve ser publicado no Diário Oficial. Com isso, as prefeituras liberadas pelo legislativo estadual.

Integram a nova lista os municípios de Riachão, Nina Rodrigues, Magalhães de Almeida, Bela Vista, Luís Domingues, Porto Rico, Amapá, Graça Aranha, Formosa da Serra Negra, Tuntum, Vitorino Freire, Barreirinhas, Vitória do Mearim, Barra do Corda e Conceição do Lago-Açu.

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) da Assembleia já havia dado pareceres favoráveis aos projetos de decretos na reunião remota realizada na última segunda-feira (19).

 

Leia mais notícias em www.dalvanamendes.com e siga nossas páginas no Facebook, no YouTube e no Instagram. Envie informações à Redação do Blog por WhatsApp pelo telefone (98) 98784-1834

Sistema de franquias é a nova aposta do Emet Instituto para a nacionalização

Sistema de franquias é a nova aposta do Emet Instituto para a nacionalização

Que o Emet Instituto está muito à frente dos institutos de pesquisa de opinião de todo País é um fato e os próprios concorrentes reconhecem. No entanto, o processo de contratação de profissionais renomados internacionalmente fez com que a empresa desse um passo ainda maior e ousado.

O Emet deixou de ser um simples instituto de pesquisa de opinião para se tornar de levantamento científico e de desenvolvimento, o que permitiu, findado o processo legal e burocrático, que a empresa seja agora de franquia, pois, além das pesquisas eleitorais, o instituto também poderá executar exames laboratoriais e, ainda, auxiliar nas gestões de saúde, educação e pública.

Estas e várias outras novidades você saberá com detalhes nesta matéria recheada de boas notícias para o Maranhão, para o Poder Público e para a população como um todo.

COMO TUDO COMEÇOU
O Emet iniciou oficialmente suas atividades em 2019 como instituto de pesquisa de opinião, mas desde 2016 já estava desenvolvendo um trabalho de levantamento de dados e desenvolvimento do no sistema, que é exclusivo. Após muitas viagens a Brasília, consultas ao TSE e muitos testes de campo, em 2019, o instituto finalmente realizou suas primeiras pesquisas oficiais.

O método revolucionário usado, que permite uma precisão de resultados, chamou a atenção do mercado político. Além da tecnologia de ponta, a direção da empresa resolveu ir muito além.

Visando reforçar a credibilidade do instituto, por ter uma linha de conduta com ênfase para a valorização da ciência, a direção da empresa foi atrás da mais renomada estatística do País: a doutora Kalline Fabiane Silveira, que hoje é diretora do núcleo científico do empresa.

QUEM É ELA?
Formada em estatística pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Kalline ganhou fama nacional após ganhar prêmios de 100% de precisão em suas pesquisas. Transformou-se em docente na mesma instituição de ensino, mestra em Demografia Epidemiológica e, também, doutora em Ciências Climáticas.

Com publicações nacionais e internacionais, nos últimos dois anos, a cientista conquistou a confiança do presidente do instituto, o administrador, gestor público e analista político Fernando Bastos, que a
convidou para fixar endereço na capital maranhense, assumir a Diretoria Científica da empresa, a fim de levar o Emet Instituto a outro patamar, e não deu outra.

TRANSPARÊNCIA E PRECISÃO
O Emet Instituto surgiu para revolucionar o mercado e trazer a verdade para a política, inclusive verdade é o significado da palavra hebraica emet. Com uma tecnologia exclusiva, o nosso cliente pode acompanhar em tempo real a realização da pesquisa.

Os coletores são monitorados por satélite, o que permite ao contratante saber a localização exata de cada. O sistema é totalmente à prova de fraudes, que por meio de uma combinação de algoritmos fiscaliza a pesquisa e sua execução.

O pioneirismo, sem dúvida, é marca registrada do Emet Instituto que além da tecnologia, possui muita fibra moral e iniciativa. Foi o primeiro do Brasil a realizar pesquisas abertas a partidos, classe política e Ministério Público Eleitoral.
“Eu tive o prazer de convidar o MPE para acompanhar nossas pesquisas em tempo real, sem contar que, frequentemente faço pesquisas de opinião gratuitas e abertas a partidos políticos, visando demonstrar nosso sistema e eficiência dele. Essa combinação de atitude resultou no que hoje a empresa possui de mais sólido: credibilidade, transparência e exatidão, o que nem sempre agrada políticos inescrupulosos que não respeitam a opinião pública e a verdade”, foi enfático Bastos.

NACIONALIZAÇÃO E MARCA REGISTRADA
Marca e o logotipo registrados junto ao Instituto Nacional de Marcas e Patentes- INPI, finalmente, o Emet Instituto se transformou em empresa nacional, com plano de franquias para todo Pais. Em conversa informal com seu presidente, ficamos sabendo que a empresa irá construir sua sede nacional em Brasília.

Atualmente, o Emet já atua com grande sucesso em 6 estados e tem a intenção de abrir escritórios, ainda em 2021, em ouros três, os quais somados aos atuais serão capazes de atender 17 capitais simultaneamente, ou seja, mais da metade do País. Já os demais estados seriam atendidos por meio de franquias, o que está sendo analisada, enquanto que na Região Norte, o Instituto estuda a possibilidade de centralizar o comando em Manaus.

A TRANSFORMAÇÃO EM INSTITUTO DE PESQUISA CIENTIFICA
Recentemente, a empresa passou por um grande processo de transformação, pois além de abrir novo escritório em São Luís, ampliando o espaço físico a fim de acomodar os profissionais que contratou e treinar seus colaboradores, a empresa passou ter a pesquisa científica como atividade principal e a de opinião, dentre outras, como secundárias.

Esta transformação se fez necessária para atender o novo patamar que a empresa alcançou, e que tem o compromisso social de realizar estudos científicos para auxiliar o poder público, proporcionando uma gestão mais eficiente e consequentemente levando maior qualidade de vida a população. A empresa também recebeu um aporte financeiro vultuoso para comportar os novos desafios, agora nacionais.

PESQUISA EPIDEMIOLÓGICA
O Emet também é o único instituto privado do País legalmente estabelecido e registrado junto aos órgãos competentes habilitado a realizar pesquisa epidemiológica, dentre outras. No Maranhão, institutos de menor expressão vem clandestinamente tentando copiar nossa empresa sem responsabilidade técnica, ou seja, sem competência, o que além de ilegal pode causar sérios prejuízos à população e prefeituras, pois a falta de embasamento científico pode gerar mais desinformação e caos na saúde.

O presidente do instituto, Fernando Bastos, recomenda que quando um instituto chegar para fazer uma pesquisa desse porte, os entrevistados solicitem a identificação dos profissionais de saúde, peçam a carteira do conselho do qual fazem parte, e se eles se recusarem, que chamem a polícia. “Uma pesquisa epidemiológica real, séria e legal tem profissionais de saúde na sua execução e fiscalização, caso contrário é exercício ilegal da profissão, pode ser inclusive considerado crime contra a saúde pública”, afirmou.

Vale a pena lembrar que já relatamos aqui o incidente onde um desses institutos clandestinos foi colocado para correr da região do Mearim. “Se chegar às minhas mãos provas concretas de que estão cometendo este tipo de crime, eu serei o primeiro a denunciar. Ignoro muitos clandestinos que fazem pesquisa de opinião, mas saúde pública é coisa séria, já é caso de cadeia e não terei pena em denunciar as autoridades competentes!”, finalizou afirmou Bastos.

Na próxima postagem iremos apresentar a você o corpo técnico que faz parte desse grandioso projeto. Aguardem!

Inscrições do Programa Trabalho Jovem são prorrogadas até o dia 30 de abril

Inscrições do Programa Trabalho Jovem são prorrogadas até o dia 30 de abril

A empresa que contratar um jovem para seu quadro de funcionários vai ganhar R$ 1 mil, valor pago pela gestão estadual, como incentivo pela contratação. A medida integra o programa Trabalho Jovem, criado pelo Governo do Estado, para estimular a abertura de vagas de trabalho ao segmento jovem.

Os interessados em participar dos eixos “Auxílio à Contratação”, “Cooperação Estratégica” e “Estágio Social”, do programa Trabalho Jovem, terão mais uma oportunidade para se inscreverem. As inscrições foram prorrogadas e poderão ser feitas até o dia 30 de abril.

Em “Cooperação Estratégica”, são ofertadas assessorias gratuitas a polos de comércio, pequenos empreendimentos e a empreendedores informais.

Já no eixo “Estágio Social”, são oferecidas vagas de estágio para estudantes da rede pública de ensino, além de conceder auxílio estágio de R$ 600,00 a empresas por cada estagiário contratado.

Podem participar estudantes e, prioritariamente, participantes do Eixo Capacitação, com idade entre 17 e 25 anos, além de empresas com atuação no Maranhão que possuam regularidade fiscal e cadastral.

No total, são mais de 35 mil oportunidades geradas com o programa Trabalho Jovem no Maranhão. São mais de mil vagas de trabalho; 1.500 vagas disponibilizadas de Estágio Social; 500 vagas para a contratação de estagiários em órgãos públicos; 30.900 vagas para cursos profissionalizantes para jovens de escola pública.

 

Leia mais notícias em www.dalvanamendes.com e siga nossas páginas no Facebook, no YouTube e no Instagram. Envie informações à Redação do Blog por WhatsApp pelo telefone (98) 98784-1834

CPI dos Combustíveis aprova requerimento permitindo realização de sessões em municípios maranhenses

CPI dos Combustíveis aprova requerimento permitindo realização de sessões em municípios maranhenses

A Comissão Parlamentar de Inquérito, que apura supostas irregularidades nos reajustes de preços dos combustíveis no Maranhão, aprovou requerimento permitindo a realização de sessões da CPI dos Combustíveis em todos os municípios do Estado. A solicitação foi feita pelo presidente da Comissão, deputado Duarte Júnior (Republicanos), e aprovada por unanimidade na sexta reunião do colegiado, realizada nesta segunda-feira (19), na Assembleia Legislativa.

“Nos próximos dias vamos realizar reuniões da CPI em outras cidades do Maranhão, com o objetivo de facilitar as investigações, fazer oitivas de pessoas de outros municípios e, consequentemente, alcançar o objetivo da CPI que é a redução dos preços dos combustíveis e do gás de cozinha em nosso Estado”, afirmou o parlamentar.

A reunião, que aconteceu de forma híbrida com participação presencial e remota dos deputados Welington do Curso, Ciro Neto, Ana do Gás, Zito Rolin, Zé Inácio e do relator, deputado Roberto Costa, aprovou ainda o requerimento apresentado pelo deputados Wellington do Curso, que tem como objetivo solicitar à Secretaria de Fazenda do Estado (Sefaz) informações por meio de relatório detalhando como se chega ao preço médio final ao consumidor, no Maranhão.

Wellington apresentou ainda mais dois requerimentos, que serão apreciados na próxima reunião. Um deles é relativo à transparência dos atos da CPI. O deputado quer que as reuniões sejam transmitidas ao vivo e que os dados apurados pela Comissão sejam publicizados de forma que a imprensa tenha mais acesso a essas informações. O outro requerimento do parlamentar solicita à relatoria da CPI informações que comprovem que mais de 70 por cento dos postos cometeram algum tipo de irregularidade durante o mês de fevereiro.

 

Leia mais notícias em www.dalvanamendes.com e siga nossas páginas no Facebook, no YouTube e no Instagram. Envie informações à Redação do Blog por WhatsApp pelo telefone (98) 98784-1834

MP pede bloqueio de bens de ex-prefeito de Açailândia e outras quatro pessoas

MP pede bloqueio de bens de ex-prefeito de Açailândia e outras quatro pessoas

Atendendo a pedido formulado pelo Ministério Público, em Ação Civil Pública proposta pelo Ministério Público do Maranhão, em 30 de julho de 2019, a Justiça determinou a indisponibilidade dos bens do prefeito Juscelino Oliveira e Silva e de outras quatro pessoas. A indisponibilidade de bens deve se dar até o montante suficiente para garantir o ressarcimento dos danos ao erário e o pagamento de multa, com valor mínimo de R$ 302.098, 31.

Também tiveram os bens bloqueados o secretário de Infraestrutura e Urbanismo de Açailândia, Divaldo Farias da Costa; o engenheiro Rogério Rosa Lopes, da equipe da Secretaria de Infraestrutura; o então secretário de Infraestrutura de Imperatriz, Francisco de Assis Amaro Pinheiro; a Terramata Ltda e o sócio-administrador da empresa, Ricardo Barroso del Castilho.

ENTENDA O CASO

De acordo com a promotora de justiça Glauce Mara Lima Malheiros, titular da 2ª Promotoria de Justiça Especializada de Açailândia, a contratação da empresa ocorreu por meio da adesão à Ata de Registro de Preços da Concorrência Pública 006/2017, presidida pela Comissão Permanente de Licitação (CPL) de Imperatriz.

Entre as irregularidades constatadas no inquérito, estão: direcionamento do procedimento licitatório em favor da Terramata, superfaturamento das obras, favorecimento a empresas ligadas ao prefeito para execução de alguns serviços. “São diversos fatos que, analisados em conjunto, evidenciam o cometimento de atos ímprobos por agentes públicos municipais e particulares envolvidos na execução das obras”, relatou, na Ação, a promotora de justiça.

O Ministério Público constatou que as irregularidades aconteceram desde o pedido de adesão pelo Município de Açailândia à Secretaria de Infraestrutura de Imperatriz. Conforme o edital do certame, órgãos ou entidades que desejassem fazer uso da ata de registro de preços deveriam encaminhar solicitação para a Superintendência da CPL de Imperatriz, que teria a competência para permitir ou não o ingresso do solicitante.

“A Administração Municipal de Açailândia, atropelando as regras do processo de adesão e objetivando direcionar o procedimento licitatório, resolveu buscar a autorização diretamente junto ao secretário municipal de Infraestrutura, Transportes e Serviços Públicos de Imperatriz”, observou a promotora Glauce Malheiros.

Outras irregularidades na execução dos serviços foram identificadas por meio de vistorias do Núcleo de Assessoria Técnica do Ministério Público, Instituto de Criminalística de Imperatriz e Delegacia de Polícia Civil de Açailândia.

As investigações verificaram que os bloquetes utilizados na pavimentação das ruas pela Terramata teriam sido fornecidas por empresas vinculadas ao próprio prefeito de Açailândia. “Um dos imóveis destinados ao armazenamento dos bloquetes está vinculado à empresa Steel Estruturas e Metais, a qual consta como sócio- administrador o prefeito Juscelino Oliveira e Silva e seu filho Giuliano Gregory Santos Oliveira e Silva”, relata o texto da Ação Civil.

Leia mais notícias em www.dalvanamendes.com e siga nossas páginas no Facebook, no YouTube e no Instagram. Envie informações à Redação do Blog por WhatsApp pelo telefone (98) 98784-1834

Prefeito Luís Filho é recebido pelo Ministro da Educação em Brasília

Prefeito Luís Filho é recebido pelo Ministro da Educação em Brasília

O prefeito do município de Coroatá, Luís Filho, foi até Brasília na última quinta-feira (15), para encontrar  o Ministro da Educação Milton Ribeiro. Acompanhado do seu pai, o líder político Luís da Amovelar, o jovem prefeito apresentou demandas e foi elogiado por não medir esforços em busca de melhorias para os coroataenses.

“O prefeito Luís Filho resolveu se abalar lá de Coroatá e vir aqui, porque é um prefeito que gosta de trabalhar, por isso ele está aqui pedindo, solicitando, vendo a legalidade de demandas para que a gente possa servir o povo aí do Maranhão”, destacou o Ministro Milton Ribeiro.

O encontro rendeu ótimas notícias das quais o prefeito Luís Filho disse que em breve serão anunciadas.

“Meus amigos coroataenses, estou aqui ao lado do nosso grande professor, doutor, mestre e Ministro da Educação, Doutor Milton Ribeiro. Quero mandar um abraço especial para cada um de vocês e estou aqui levando algumas demandas a ele e em breve vamos anunciar a todos”, esclareceu o prefeito.

Leia mais notícias em www.dalvanamendes.com e siga nossas páginas no Facebook, no YouTube e no Instagram. Envie informações à Redação do Blog por WhatsApp pelo telefone (98) 98784-1834

Começa hoje atendimento dos pacientes com sequelas de Covid no Maranhão

Começa hoje atendimento dos pacientes com sequelas de Covid no Maranhão

O Governo do Maranhão inicia nesta terça-feira (20), às 9h, um novo serviço que vai ampliar a assistência a pacientes recuperados da Covid-19, a Rede Cuidar. O atendimento da rede de assistência tem início no anexo do Hospital Dr. Carlos Macieira (HCM), em São Luís. A Rede Cuidar vai garantir assistência, através de serviços médicos especializados aos pacientes que apresentam sequelas em decorrência da Covid-19.

Em São Luís, o serviço contará com quatro salas para consultórios, sendo duas salas para clínicos gerais e outras duas nas demais especialidades, além de sala de coleta e sala de triagem. O paciente, após a consulta, poderá fazer os exames na própria unidade de saúde. Serão oferecidas consultas em Cardiologia, Neurologia, Pneumologia, Endocrinologia e Psiquiatria, além de atendimento multiprofissional com nutricionista, fonoaudiólogo e fisioterapeuta.

O serviço funcionará das 8h às 12h e das 14h às 18h, com agendamentos de consultas através do Disque Saúde, pelo telefone (98) 3190-9091.

Até o fim desta semana, o serviço também estará disponível em unidades da rede estadual de saúde em Santa Inês, Presidente Dutra e Imperatriz.

 

Leia mais notícias em www.dalvanamendes.com e siga nossas páginas no Facebook, no YouTube e no Instagram. Envie informações à Redação do Blog por WhatsApp pelo telefone (98) 98784-1834