eleição 2016

Miltinho diz que vai disputar comando da Famem por ‘pacto pelo Maranhão’

Miltinho diz que vai disputar comando da Famem por ‘pacto pelo Maranhão’

miltinho-e-flavi-dino

Aliado do governador Flávio Dino (PCdoB), o prefeito de São Mateus do Maranhão, Hamilton Nogueira Aragão, o Miltinho (PSB), entrou na disputa pela presidência da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem).

 Ele fez o anúncio através de entrevista à imprensa e afirmou que vai visitar pessoalmente os demais prefeitos, em que promete um ‘pacto pelo Maranhão’ através do Governo com Prefeituras para poder avançar de forma mais rápida num estado com grande potencial de crescimento.

 Miltinho anuncia que comunicou ao correligionário Flávio Dino de quem recebeu total apoio para disputar o comando da entidade que representa os municípios maranhenses. O prefeito mateusense reclamou do modelo de arrecadação em favor dos governos federais e estaduais, mas em contrapartida, segundo ele, as responsabilidades ficam para os municípios.

 — É no município que o cidadão precisa dos serviços e das obras públicas. O poder local é o único dos entes federativos capaz de melhorar a vida das pessoas e o governador Flávio Dino, sabe disso, por isso, sempre que pode busca parcerias com os prefeitos. Nossa proposta é lutar por um ‘pacto pelo Maranhão’ através de Governo com Prefeituras para poder avançar de forma mais rápida num estado com grande potencial de crescimento — diz em trecho da carta.

 Miltinho informou que a chapa completa deverá ser anunciada nos próximos dias com o compromisso de promover uma nova relação entre os entes federados. Ele se diz preparado e que espera contar com o apoio de vários partidos.

 Advogado, com 52 anos, Miltinho foi reeleito para segundo mandato de prefeito de São Mateus do Maranhão, com 10.691 votos válidos, o que representa 49,85 % do colégio eleitoral do município.

 Além de Miltinho, já declararam interesse em concorrer à presidência da Famem para biênio 2017/18, os prefeitos reeleitos Luciano Leitoa (Timon), Djalma Melo (Arari), Cleomar Tema (Tuntum) e Erick Costa (Barra do Corda). O pleito acontece na primeira quinzena de janeiro.

Eliziane Gama declara apoio a Eduardo Braide

Eliziane Gama declara apoio a Eduardo Braide

eliziane

A deputada federal Eiziane Gama (PPS), candidata derrotada a prefeita de São Luís, declarou ontem (3) a coluna Estado Maior que apoiará o candidato do PMN, deputado estadual Eduardo Braide, no 2º turno da eleição na capital.

Segundo a publicação, a popular socialista tem sérias restrições à gestão Edivaldo Holanda Júnior (PDT) e, ainda, culpa diretamente o governo Flávio Dino (PCdoB) – principal apoiador do pedetista – por supostos ataques que diz ter sofrido ao longo dos últimos dois anos.

Vice-prefeita Ana Lúcia surge como surpresa na disputa pela prefeitura de Balsas

Vice-prefeita Ana Lúcia surge como surpresa na disputa pela prefeitura de Balsas

O prazo para a escolha dos candidatos às eleições deste ano em convenções partidárias terminou na sexta-feira (5). Em Balsas, com a desistência do prefeito Luiz Rocha Filho, o Rochinha (PSB), de concorrer a reeleição, todos esperavam que a disputa pela prefeitura fosse ser marcada por duas forças politicas na cidade: Chico Coelho(PSL) e Dr. Erik (PDT). Mas uma grande reviravolta fez surgir um fator surpresa – a vice Ana Lucia Noleto (PPS), que provou que sabe fazer e administrar.

Fator surpresa, vice-prefeita pode comandar Balsas em 2017

Analistas políticos afirmam que a vice-prefeita é resultado do chamado voto de protesto por causa de reviravoltas no cenário da politica balsense que evolve os principais nomes da disputa. Um deles é o ex-prefeito Chico Coelho que já é considerado um candidato fora do páreo por causa de vários processos.

O candidato sub judice viajou para Brasília e São Luís, tentando se segurar na disputa. O motivo de sua preocupação é uma só: ele homologou sua candidatura com um Diretório fraudulento que está sendo questionado na Justiça.  Se for constatada a fraude, a candidatura de Chico Coelho que foi homologada em convenção realizada, no ultimo dia 31 de julho, fica invalidada e ele fica fora das eleições no município.

Com Chico Coelho fora do páreo, quem poderia se fortalecer era o médico Erik Augusto, mas o candidato do PDT vem caindo nas pesquisas igual pára-quedas. O eleitorado balsense vem sendo tomado pela indignação por causa da união do pedetista com a família Honaiser. É que a população do município teme que ele seja o novo Jonas Demito, ex-prefeito que conduzido pela família Honaiser levou a administração de Balsas ao caos.

E não é pra menos. A aliança dos Honaiser com Demito resultou em duas penas de prestação pecuniária de R$ 50 mil reais, 97 dias-multa e mais suspensão dos direitos políticos enquanto durar a sua condenação por causa de irregularidades em processo licitatório para a contratação de firma, empresa ou cooperativa especializada em execução de serviços de limpeza e higienização, lavanderia, jardinagem, telefonia e outros no Matadouro Municipal. Por conta do histórico de Demito, a aliança de Dr. Erik com os Honaiser foi uma péssima adesão para o candidato do PDT nestas eleições.

No vácuo de lideranças, surgiu a vice-prefeita Ana Lúcia que ganhou notoriedade na cidade depois de surpreender a população de balsense, fazendo em três meses o que Rochinha não fez em quatro anos. Ela assumiu a Prefeitura em um curto espaço de tempo, após licença médica do prefeito Rochinha para tratamento de saúde.

Professora Ana Lúcia, como é mais conhecida na cidade, entra na disputa praticamente de igual pra igual com os dois candidatos que “se diziam eleitos”. Tanto que sua pré-campanha, segundo as informações, não está sendo financiada por políticos raposões, mas por amigos e vários empresários que acreditam no seu trabalho. A campanha dela vai de vento em polpa e a cada dia toma mais corpo, o que é de tirar o chapéu.

O elemento novo no cenário eleitoral movimenta a disputa balsense e a saída de Chico Coelho do páreo, aliada à queda na popularidade de Dr. Erick, transformaram professora Ana Lúcia no fator surpresa das eleições.

Podem anotar!

Severino Sales anuncia que PRP deixa a base do prefeito Edivaldo

Severino Sales anuncia que PRP deixa a base do prefeito Edivaldo

Severino Sales 4

O presidente do PRP, Severino Sales, informou que deixou a base do prefeito Edvaldo Holanda Júnior (PDT) após a legenda ter ficado isolada na montagem das chapas proporcionais.

De acordo com Severino Sales, na próxima segunda-feira (1), a Secretaria de Relações Parlamentares será entregue e o partido fica livre para negociar com qualquer pré-candidato.

O motivo do rompimento do PRP com o prefeito é a exclusão do partido do chapão que será composto por PDT/DEM/PR/PROS. Severino queria a participação nessa chapa ou uma composição com o PDT.

Nos bastidores se comentam que provavelmente o PRP coligue com pré-candidato a prefeito pelo PP,   Wellington do Curso.