Simplício Araújo e Roberto Rocha brigam por paternidade da retomada da Alumar

Simplício Araújo e Roberto Rocha brigam por paternidade da retomada da Alumar

Secretário e senador brigam por paternidade da retomada da Alumar

A retomada da capacidade de produção de 268 mil toneladas métricas de alumínio por ano na Alumar, que está suspensa desde 2015, transformou-se em uma briga entre o senador Roberto Rocha (PSDB) e o secretário de Estado de Indústria, Comércio e Energia, Simplício Araújo (SD) pela paternidade do reinicio da fábrica que deve gerar mais de 2.250 empregos no Maranhão.

Os dois políticos divulgaram vídeos na imprensa e em suas redes sociais informando que o processo para volta da produção de alumínio foram conquistas suas junto.

Na opinião do senador, a aprovação da Zona de Exportação (ZEMA) foi a única razão para o retorno do investimento de cerca de R$ 400 milhões. O secretário rebateu dizendo que o ‘dialogo’ com a Alumar desde 2015 permitiu a reabertura da fábrica.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.