“Democracia se verga, mas não se dobra com fake news”, diz Fachin em despedida da presidência do TSE

“Democracia se verga, mas não se dobra com fake news”, diz Fachin em despedida da presidência do TSE

O ministro Edson Fachin fez um discurso de despedida da presidência do TSE — Foto: Reprodução/YouTube

Em discurso durante a última sessão como presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), na noite desta terça-feira (9/8), o ministro Edson Fachin disse ter “certeza inabalável de que a democracia se verga, mas não se dobra, nem quebra com as fake news” e que “o povo brasileiro elegerá, com paz, segurança e transparência, um presidente da República”.

Fachin assumiu a Corte em fevereiro deste ano e encerra a presidência no próximo dia 16, quando toma posse o ministro Alexandre de Moraes.

Ao seu sucessor, Fachin afirmou estar seguro de que o TSE está em boas mãos e ressaltou a “bondade e ternura” do colega.

Ao final da sessão, Moraes falou em nome dos outros ministros do TSE. Na fala, elogiou a atuação de Fachin em defesa do sistema eleitoral diante de “ataques covardes que pretendem moer as bases” da República. “Somos a única democracia no mundo que no mesmo dia proclama o resultado das eleições, dando estabilidade, segurança e tranquilidade aos eleitores brasileiros”, completou

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.