Browsed by
Autor: Dalvana Mendes

Sou jornalista desde 2011, quando me graduei pela UNASP - Centro Universitário Adventista de São Paulo. De 2013 a 2014, atuei como repórter do jornal O Imparcial quando fui premiada pelo TRE-MA com reportagem “Mão de Obra Carcerária: Uma Chance Para Recomeçar”. No mesmo período, fui finalista da categoria impresso do I Prêmio Ararajuba de Jornalismo Ambiental, promovido pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais do Maranhão (Sema). Concorri com a matéria "Ilhas ganham energia limpa". Atualmente, sou assessora de Comunicação da Câmara Municipal de São Luís.
Nove vereadores de São Luís oficializam pré-candidaturas

Nove vereadores de São Luís oficializam pré-candidaturas

Parlamentares desejam concorrer a deputado estadual ou federal (Foto: Reprodução)

A pouco mais de três meses das eleições deste ano, pelo menos 09 vereadores de São Luís já se colocaram publicamente na disputa proporcional, seja pela Assembleia Legislativa ou pela Câmara dos Deputados. Dos nomes certos na disputa pela Assembleia, três fazem parte da Mesa Diretora do legislativo ludovicense, são eles: o 1º secretário Honorato Fernandes (PT), o 3º vice-presidente Ricardo Diniz (PRTB) e a 4ª secretária Bárbara Soeiro (PSC).

Além deles, também vão pleitear uma vaga no parlamento estadual, os vereadores Marcial Lima, Gutemberg Araújo e Gengival Alves, ambos do PRTB. Para o Congresso, Sá Marques (PHS), Pavão Filho (PDT) e Pedro Lucas Fernandes (PTB) também confirmaram que deverão marcar presença no pleito de outubro.

Dos nove integrantes do legislativo da capital maranhense, cinco já oficializaram suas pré-candidaturas. O primeiro deles foi Ricardo Diniz, que realizou um encontro em maio, com lideranças, correligionários, amigos e simpatizantes, para demonstrar seu desejo. O parlamentar disse que antes de tomar a decisão, ouviu seus familiares e pessoas que o ajudaram em sua caminhada política.

“Demos hoje a largada para esse grande projeto, uma decisão tomada ao lado do meu grupo, dos amigos e familiares. Pessoas que sempre me ajudaram e me incentivaram a acreditar que é possível fazer muito mais como deputado federal”, justificou.

Também no mesmo mês, Barbara Soeiro aproveitou para declarar sua intenção de disputar a eleição. Ela escolheu o tradicional clube Alvorada, no São Cristóvão, para confirmar que disputaria o pleito. Em seu discurso, Soeiro homenageou as mães, na antevéspera do dia especial, e agradeceu cada gesto de carinho, apoio e corrente positiva demonstrada no semblante de pessoas simples, que estavam ali, para marchar juntos dentro de um projeto construído pela própria população.

“Ser mãe é o ato mais sublime da humanidade, pela sensibilidade de materializar uma obra de Deus, eu tenho esse orgulho, e na minha vida com Albino, meus filhos, João Octávio e Ilana. Não construir fortuna, mas temos o maior dos patrimônios: uma família alicerçada no amor e na esperança. Como vereadora, estou no segundo mandato, e impulsionada pelo povo, quero colocar o meu nome, como pré-candidata a deputada estadual, sempre respeitando os valores éticos, com o firme propósito de ajudar meus conterrâneos a melhorar de vida, sobretudo todos vocês, que precisam ser vistos e alcançados pelo Poder Público”, disse.

No mês de junho, mais uma pré-candidatura foi oficializada. Desta feita, foi à vez de Sá Marques que, em decisão conjunta com seus correligionários, decidiu lançar sua pré-candidatura a uma vaga na Câmara Federal.

O evento aconteceu, na Associação “Casa de Lili”, no bairro do João Paulo e contou com a presença também do presidente estadual do Partido Humanista da Solidariedade (PHS), Jorge Arturo. De acordo com o parlamentar, a pré-candidatura é importante para que se possa discutir com a comunidade, projetos a serem implementados em seu programa de campanha.

Neste segundo fim de semana de julho, foram oficializadas outras duas pré-candidaturas. Hoje (14), o vereador Pavão Filho fez o lançamento de sua pré-candidatura a deputado federal. Ele pertence ao principal partido da base da aliança que apoiará a reeleição do governador Flávio Dino (PCdoB) e deve ser um dos principais nomes a disputar votos na Ilha de São Luís, cidade onde desenvolve importante trabalho voltado para a educação.

 

Com vários mandados de deputado estadual e vereador da capital, Pavão realizou o ato, na sede da Fundação Maranhense de Assistência Comunitária (FUMAC), no bairro do Monte Castelo, instituição a qual o parlamentar dedica total atenção e que acabou lhe valendo o rótulo de vereador da educação.

Outro vereador que lançou sua pré-candidatura a deputado no sábado foi o presidente do PT de São Luís, Honorato Fernandes, que vai disputar mandato de deputado estadual. O evento realizado na Associação Médica de Imperatriz, contou com a presença de militantes e dirigentes petistas, membros e lideranças de movimentos sociais e sindicais, além de lideranças comunitárias e sociedade civil.

Honorato Fernandes, de 42 anos, é analista de sistemas e especialista em gerenciamento de projetos, com formação pela Universidade Federal do Maranhão (Ufma). Ele está no exercício do segundo mandato de vereador de São Luís e atualmente é o primeiro secretário da Mesa Diretora da Câmara da capital.

O pré-candidato é filho da saudosa professora Ieda Batista, lendária ativista de movimentos populares e uma das fundadoras do PT no Maranhão. Apesar do forte vínculo com o petismo (a mãe dele foi candidata aa deputada federal pela sigla), só se filiou oficialmente ao PT em 2011. Em 2012, encarou o primeiro vestibular das urnas, elegendo-se vereador com  3.664 votos.

Durante o evento do pré-lançamento da campanha, o petista destacou alguns pontos que motivaram o desejo de disputar uma das 42 cadeiras da Assembleia cujo objetivo é fortalecer o partido no parlamento estadual. Além disso, voltou a defender a candidatura do ex-presidente Lula à Presidência da República.

Quem também movimentou o final de semana no cenário politico, foi o vereador Pedro Lucas Fernandes. Ele recebeu na noite de sexta-feira (13), o apoio explícito de nove colegas plenário. O reforço político consolida ainda mais o petebista na capital maranhense para disputar um assento em Brasília na eleição de outubro.

O evento contou com a presença do deputado federal Pedro Fernandes (PTB), e dos vereadores Umbelino Júnior (PPS), Chico Carvalho (PSL), Edson Gaguinho (PHS), Nato Júnior (PP), Isaias Pereirinha (PSL), Antônio Marcos Silva, o Marquinhos (DEM) e Osmar Filho, presidente eleito da Câmara de São Luís para o biênio 2019-2020.

Durante o jantar, Pedro Lucas também comemorou a adesão dos vereadores Joãozinho Freitas (PTB) e Irmão Domingos (PEN), que já ocuparam vagas no parlamento ludovicense nesta legislatura. O primeiro, por exemplo, pode se efetivar no mandato em caso de vitória do pré-candidato petebista nas urnas.

VEREADOR PAVÃO FILHO LANÇARÁ PRÉ-CANDIDATURA A DEPUTADO FEDERAL

VEREADOR PAVÃO FILHO LANÇARÁ PRÉ-CANDIDATURA A DEPUTADO FEDERAL

O vereador Pavão Filho será candidato a deputado federal pela legenda do PDT, principal partido da base da aliança que apoiará a reeleição do governador Flávio Dino (PCdoB) e deve ser um dos principais nomes a disputar votos na Ilha de São Luís, cidade onde desenvolve importante trabalho voltado para a educação.

Parlamentar experiente, com vários mandados de deputado estadual e vereador da capital, Pavão lançará sua candidatura durante ato público que será realizado dia 14 julho, às 8h30, na sede da Fundação Maranhense de Assistência Comunitária (FUMAC), no Monte Castelo, instituição a qual o parlamentar dedica total atenção e que acabou lhe valendo o rótulo de vereador da educação.

Com o slogan “Pavão Filho o Deputado Federal da Educação”, o vereador tem tudo para conseguir seu objetivo pelos relevantes serviços prestados à população do Maranhão quando deputado estadual e, particularmente, de São Luís onde exerce atualmente mandato de vereador e tem se mostrado um grande aliado do prefeito Edivaldo Holanda Junior (PDT).

“A Sociedade Bíblica do Brasil é reconhecida pelo seu trabalho social”, disse Silvia Braga durante homenagem pelos 70 anos da SBB em São Luís

“A Sociedade Bíblica do Brasil é reconhecida pelo seu trabalho social”, disse Silvia Braga durante homenagem pelos 70 anos da SBB em São Luís

O plenário da Assembleia Legislativa do Maranhão foi palco de uma análise sobre a relevância da Bíblia com foco histórico no país, em homenagem à Sociedade Bíblica do Brasil. A instituição comemora 70 anos de existência.

O idealizador da sessão foi o deputado Edivaldo Holanda. A solenidade foi marcada por música e pronunciamento. Um deles foi o secretário regional da SBB no Pará, Pastor Aranha, disse que recebeu a homenagem com alegria.

“São 70 anos de trabalho em parceria com as igrejas, os voluntários, as instituições sociais, os sócios da SBB e os evangelizadores. A nossa missão é disseminar a Bíblia, sua mensagem, como um instrumento de transformação e desenvolvimento integral do ser humano. Louvamos a Deus por esta Casa, que está reconhecendo o nosso trabalho”, enfatizou.

A militante social e cristã, Silvia Braga, que estava entre os convidados, falou com a reportagem do Blog da Dalvana Mendes, sobre o aspecto social presente no trabalho das Sociedades Bíblicas.

“Aqui no Brasil, desde os primeiros anos da sua fundação, a Sociedade Bíblica do Brasil foi reconhecida como de utilidade pública e organização social. Hoje, a Assembleia Legislativa fez um gesto soberano, atendendo ao pedido do deputado Edivaldo Holanda, para que nós pudéssemos fazer essa homenagem”, destacou Silvia Braga.

A Sessão solene também homenageou pastores pelos anos dedicados ao ministério, a exemplo do pastor  Joubert da Costa,, da Igreja Batista Nacional de São José de Ribamar.

 HISTÓRIA

A Sociedade Bíblica do Brasil surgiu em junho de 1948, com o lema “Dar a Bíblia à Pátria”. Nesta época, logo após a 2ª Grande Guerra, o clima era de otimismo e esperança. Um cenário favorável ao crescimento da distribuição da Palavra de Deus. Criada por destacados líderes cristãos, a SBB assumiu as atividades de tradução, produção e distribuição da Bíblia em todo o território nacional.

Ao longo dos 70 anos foram várias publicações das Escrituras Sagradas. Em 1956, foi a tradução de Almeida Revista e Atualizada. Em 1973 o Novo Testamento na Linguagem de Hoje. Em 1988 foi lançada a Bíblia na Linguagem de hoje. Nove anos depois, a SBB passou a produzir bíblias para outros países. E em 1990 lançou a primeira Bíblia de Estudo Almeida. E em 2001 inovou lançando a Imprensa braile.

A SBB faz parte das Sociedades Bíblicas Unidas (SBU), uma aliança mundial fundada em 1946. O objetivo é facilitar o processo de tradução, produção e distribuição das Escrituras Sagradas por meio de estratégias de cooperação mútua.

Astro de Ogum inicia corpo a corpo em São Luís com almoço na zona rural

Astro de Ogum inicia corpo a corpo em São Luís com almoço na zona rural

O presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Astro de Ogum (PR), deu inicio nesta quinta-feira (12), um dia após o inicio do recesso parlamentar relativo aos trabalhos do primeiro semestre deste ano, a uma incursão nas comunidades da capital maranhense. Trata-se da abertura de uma série de atos políticos que visam consolidar as pré-candidaturas de seus apoiadores na cidade.

Assessores e lideranças comunitárias acompanharam o chefe do legislativo, que começou o seu corpo a corpo, com um almoço na casa de Mariana Rodrigues, uma importante liderança do bairro Calebe, na zona rural de São Luís.

Astro explicou que vai percorrer as comunidades para começar a construir, junto à sociedade, solicitações de ações que serão apresentadas aos pré-candidatos no período da campanha eleitoral, para contemplar planos de governo ou propostas de campanha.

“Gostaria de agradecer as minhas amigas Mariana e Renata, que me convidaram para um almoço aqui na comunidade do Calebe. Esse convite já havia sido feito desde o início do ano, mas esperei a chegada do recesso parlamentar relativo aos trabalhos do primeiro semestre deste ano, para poder cumprir essa de muitas outras agendas”, declarou.

Considerado um dos líderes políticos da capital, Astro de Ogum vem sendo bastante assediado por populares. Na zona rural não foi diferente. Quando o parlamentar chegou ao local de compromisso, foi tietado por jovens, crianças e moradores da comunidade. Em todas as ocasiões, Astro foi cercado para tirar fotos e ouviu elogios por sua gestão na Câmara de São Luís.

Mariana Rodrigues, secretária de finanças da Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura Familiar-Fetraf/MA, que mora na comunidade Cabele, destacou a visita do Astro e falou que o parlamentar é um dos mais presentes na zona rural, sempre lutando para resolver as dificuldades que os moradores da região têm enfrentado.

“Já tem uns três anos que conheço o Astro [de Ogum], mas já o conhecia de nome pelas ações dele na zona rural. Sempre que termina uma campanha, os políticos somem, mas o vereador Astro é um dos mais presentes na zona rural, sempre lutando para resolver as dificuldades que os moradores da região têm enfrentado”, declarou.

Para o agricultor Antônio Carlos Gamboa, a visita do presidente da Câmara foi de grande importância para discutir várias demandas em favor da agricultura familiar na capital e serviu para fortalecer ainda mais as políticas públicas que foram tratadas.

“O vereador Astro é um dos mais presentes nas comunidades da zona rural. O encontro de hoje serviu só para reforçar mais ainda o que todos nós já sabemos. Eu o conheci recentemente, mas minha mãe sempre o apoiou. Não tenho nada do que reclamar, quero apenas agradecê-lo pelo apoio aos agricultores e à zona rural”, disse.

Depois do almoço, Astro se reuniu com alguns moradores e seguiu para outros compromissos na capital maranhense. Além do Calebe, o chefe do legislativo também visitará outras comunidades, antes da retomada das atividades parlamentares no próximo dia 2 de agosto.

Aprovado projeto que garante acessibilidade a ostomizados em São Luís

Aprovado projeto que garante acessibilidade a ostomizados em São Luís

O Plenário da Câmara Municipal de São Luís (CMSL) aprovou por unanimidade, na sessão dessa quarta-feira (11), o Projeto de Lei nº 150/2015, de autoria do vereador Pedro Lucas Fernandes (PTB), que garante o direito à acessibilidade das pessoas ostomizadas aos banheiros de uso público do município, mediante a instalação de equipamentos adequados para utilização.

O texto do projeto prevê, no Art. 1º, que fica garantido às pessoas ostomizadas – que sofreram intervenção cirúrgica no abdômen para comunicação com o exterior, visando à eliminação de fezes ou urina – sanitários adaptados em shoppings, terminais de ônibus, rodoviárias, aeroportos, cinemas, teatros, postos de saúde, hospitais e demais locais de domínio público.

O PL 150/15 explicita que os ‘sanitários especiais’ deverão sofrer adaptações como anteparo no vaso sanitário e sistema de descarga, nivelado ao abdômen, ducha higiênica colocada ao lado do vaso sanitário para lavagem ou troca da bolsa coletora, espelho para inspeção das condições gerais do estoma e suporte para papel toalha.

De acordo com Pedro Lucas, o número de ostomizados cresceu na capital, por isso a necessidade de criar um projeto exigindo que banheiros de uso público sejam adaptados.  Ele destaca os benefícios que sua proposta poderá trazer à pessoa ostomizada.

“O nosso projeto visa garantir às pessoas ostomizadas o acesso aos sanitários públicos localizados na capital. Nada mais justo do que promover e proteger as condições de acessibilidade das pessoas com deficiência, neste caso os ostomizados, visando a inclusão social e a cidadania plena e efetiva”, esclarece o vereador.

ENTENDA A ESPECIALIDADE 
A estomaterapia é a especialidade da prática da enfermagem voltada para o cuidado de pessoas com estomias, feridas agudas e crônicas, fístulas, drenos, cateteres e incontinências anal e urinária.

A estomia se trata de uma cirurgia para construção de um novo trajeto para saída das fezes ou da urina, como essa abertura não pode ser controlada voluntariamente, os pacientes ostomizados precisam utilizar uma bolsa que recolhe o conteúdo eliminado. Isso faz com que o indivíduo precise se adaptar à nova condição e necessite da ajuda de profissionais especializados.

NÚMEROS DE OSTOMIZADOS
Segundo a Associação de Ostomizados do Maranhão (AOMA), entidade que existe há 28 anos, 3.633 ostomizados estão inscritos em seu programa de tratamento, dentre colostomizados, ileostomizados e urostomizados.

No entanto, como os dados são referentes ao ano de 2012, é possível que hoje o número de pessoas com esse tipo de deficiência passe dos 15 mil, já que muitos deles não procuram a entidade para efetuar o cadastro, conforme informou Pedro Lucas, ao pedir urgência na análise do projeto junto à Comissão de Saúde para que seja votado em plenário.

Honorato Fernandes lança pré-candidatura a deputado estadual em Imperatriz

Honorato Fernandes lança pré-candidatura a deputado estadual em Imperatriz

36982742_10155753687164389_8405618308170121216_n

O vereador Honorato Fernandes, presidente do Diretório do PT de São Luís, vai disputar uma vaga na Assembleia Legislativa do Maranhão. O lançamento da sua pré-candidatura a deputado será neste sábado (14), a partir das 17h, na Associação Médica, em Imperatriz.

O evento deve contar com as presenças de lideranças do Partido dos Trabalhadores, dentre elas o presidente da legenda, Augusto Lobato; o deputado federal Zé Carlos; além de convidados. Apesar de ser em Imperatriz, o ato politico deve contar com a presença de lideranças de toda a região tocantina, como Amarante, Buritirana, Açailândia e demais municípios.

Honorato Fernandes, de 42 anos, é analista de sistemas e especialista em gerenciamento de projetos, com formação pela Universidade Federal do Maranhão (Ufma). Ele está no exercício do segundo mandato de vereador de São Luís e atualmente é o primeiro secretário da Mesa Diretora da Câmara da capital.

O pré-candidato é filho da saudosa professora Ieda Batista, lendária ativista de movimentos populares e uma das fundadoras do PT no Maranhão. Apesar do forte vínculo com o petismo (a mãe dele foi candidata aa deputada federal pela sigla), só se filiou oficialmente ao PT em 2011. Em 2012, encarou o primeiro vestibular das urnas, elegendo-se vereador com  3.664 votos.

Em 2016, experimentou um crescimento de quase 30% no eleitorado, uma vez que foi reeleito com 4.609 votos.  No Processo de Eleições Diretas (PED) que o levou à presidência do PT Municipal, conquistou 52%  do eleitorado e ainda se mobilizou pela eleição de Augusto Lobato,  eleito presidente estadual da agremiação partidária.

Durante o evento do pré-lançamento da campanha, Honorato deve destacar alguns pontos que motivaram o desejo de disputar uma das 42 cadeiras da Assembleia Legislativa cujo objetivo é fortalecer o partido no parlamento estadual. Além disso, deve voltar a defender a candidatura do ex-presidente Lula à Presidência da República.

Auditor da Receita, ex-PF e advogado denunciados por corrupção no MA

Auditor da Receita, ex-PF e advogado denunciados por corrupção no MA

Auditor-fiscal da Receita Federal Alan Fialho Gandra, seu filho, o advogado Alan Fialho Gandra Filho

O Ministério Público Federal (MPF) no Maranhão propôs denúncia criminal e ação de improbidade administrativa, na Justiça Federal, contra o auditor-fiscal da Receita Federal Alan Fialho Gandra, seu filho, o advogado Alan Fialho Gandra Filho e o agente de Polícia Federal aposentado Dário Jacob Bezerra, pela suposta violação de informações sigilosas da Receita Federal e solicitação de vantagem indevida para restituição tributária.

De acordo com a denúncia, uma contribuinte informou à Receita Federal que teria sido procurada pelo advogado Alan Filho, em 2015, com a proposta de agilizar um processo administrativo fiscal referente à restituição tributária do espólio do seu falecido pai, no valor de R$ 1.972.402,00.

Após negar os serviços de Alan Filho, a contribuinte continuou a ser insistentemente procurada pelos acusados, tendo Alan Gandra e Dário Jacob ido pessoalmente e sem autorização na sua residência, mas não foram recebidos por ela.

Segundo o MPF, Alan Gandra, valendo-se da condição de auditor-fiscal da Receita Federal, acessou indevidamente o sistema informatizado da Delegacia da Receita e disponibilizou os dados do processo para os advogados, agindo assim praticou crime de violação do sigilo funcional e, juntamente com os demais denunciados, praticaram o crime de corrupção passiva ao tentarem obter vantagem indevida da contribuinte. Caso sejam condenados, as penas podem variar de 1 a 8 anos de reclusão, além de multa.

Da mesma forma, o MPF também propôs ação de improbidade administrativa contra os acusados, requerendo as penalidades estabelecidas no artigo 12, inciso III, da Lei 8429/92, entre elas a perda do cargo público do auditor da Receita Federal, Alan Gandra.

A denúncia é um desmembramento da Operação Lilliput, deflagrada em 12 de julho de 2016, que apurou supostas práticas de crimes de corrupção (ativa e passiva), falsidade ideológica, violação de sigilo funcional, bem como delitos contra a ordem tributária e contra o sistema financeiro nacional. Na operação, os denunciados Alan Gandra, Alan Filho e Dário Bezerra tiveram prisão temporária decretada.

Projeto quer flexibilizar horários em faixas de ônibus em São Luís

Projeto quer flexibilizar horários em faixas de ônibus em São Luís

Medida deve liberar corredores fora do horário de pico em avenidas onde há maior volume de comércio (Foto: Mauricio Alexandre)

Um projeto de lei que tramita na Câmara Municipal de São Luís (CMSL) prevê a flexibilização dos corredores restritos aos coletivos em avenidas e ruas da capital onde há maior volume de comércio. Pela proposta, as faixas exclusivas só seriam reservadas aos ônibus entre 6h00 e 9h00; 11h00 e 15h00 e entre 17h00 e 20h00. Nos demais horários, os corredores ficariam liberados para todos os veículos.

A justificativa do autor do projeto, vereador Pedro Lucas Fernandes (PTB), é ajudar a “diminuir os efeitos negativos da crise econômica que afeta o Brasil”. Segundo ele, “a proposta que prevê a liberação dos corredores fora do horário de pico também pode aquecer o comércio em avenidas onde há maior volume de lojas”.

O projeto tem três artigos e explicita como deve ser feita a liberação do uso das faixas exclusivas para ônibus, fora do horário de pico, para os demais veículos, que poderão transitar livres de multas.

De acordo com o artigo 1º, em seu parágrafo 1º, aos sábados, as faixas exclusivas devem funcionar das 06h00 às 09h00 horas, das 11h00 às 15h00 horas. Já o parágrafo 2º do mesmo dispositivo diz que aos domingos e feriados será livre a circulação de veículos pelos corredores de ônibus da capital.

Pedro Lucas explica que a norma atende a um pedido de comerciantes, principalmente de lojas estabelecidas nas avenidas Castelo Branco, no São Francisco; Guajajaras, no São Cristóvão; e Jerônimo de Albuquerque, na Cohab, cujas vias contam com faixas exclusivas de ônibus, em suas extensões.

“Em função da crise econômica que o país atravessa, estamos tentando fomentar algumas áreas de corredores na capital propondo a flexibilidade no horário de funcionamento das faixas de ônibus em avenidas e ruas onde há maior volume de comércio”, defendeu.

FAIXA REDUZ VIAGEM
As faixas exclusivas para os ônibus foram implantadas em São Luís no final de 2009, quando a Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) criou a primeira delas na Rua do Passeio, entre a Praça Deodoro e a Rua das Cajazeiras. Neste trecho, os estacionamentos da Rua do Passeio foram permitidos somente à esquerda.

Já o corredor para ônibus implantado na Avenida Colares Moreira, ano passado, tem início no Elevado do Trabalhador, se estendendo até as proximidades da Clínica São Marcos, no Renascença. A faixa é preferencial e não exclusiva, por causa da existência de conversões à direita para retornos e cruzamentos.

As faixas e corredores foram implantados na capital para ajudar a reduzir o tempo das viagens aos passageiros. Com isso, a medida visa dar maior fluidez em trechos de vias que ficaram destinadas aos coletivos.

Câmara de Balsas vira a ‘casa da bajulação’ no Maranhão

Câmara de Balsas vira a ‘casa da bajulação’ no Maranhão

Bobeou, a Câmara de Balsas faz uma homenagem. A quantidade de moções de aplauso apresentadas por vereadores balsenses aumenta a cada período legislativo. No ano passado, por exemplo, em apenas um único dia, foram 11 moções do gênero entregues em plenário.

O blog apurou que o legislativo daquele município se reúne uma vez por semana, totalizando quatro sessões por mês. Somando por base, os 11 expedientes num único dia, durante as quatro reuniões mensais, teremos exatos 44 proposições aprovadas, o que totaliza 528 honrarias ao longo do ano. Haja, bajulação!

No dia 25 de agosto, de 2017, a ‘Casa do Povo’, que virou uma ‘Casa de Bajulação’, realizou sessão solene para entrega de outorgas de títulos honoríficos de cidadania balsense e moção de aplausos concedidos a instituições da sociedade balsense.
Nesta data foram concedidos certificado de Moção de aplauso:

– Aos Conselheiros Tutelares de Balsas/MA pelo reconhecimento dos serviços prestados.

– À equipe do HEMOMAR de Balsas pela prestação de serviço feita no hemocentro.

– A Cruz Vermelha Brasileira em Balsas.

– Aos Agentes Comunitário de Saúde- ACS e Agentes de Combate às Endemias – ACE.

– A FAPCEN pela realização da Agrobalsas no município de Balsas/MA.

– A Paróquia de Santo Antônio e Secretaria de Cultura, pela realização do festejo.

– Aos Assistentes sociais

– Aos servidores públicos lotados na unidade fixa do “Viva Cidadão” de Balsas/MA

– 4º Batalhão de Polícia Militar de Balsas/MA

– Ao Esquadrão Águia de Balsas/MA

– Ao SAMU Balsas

 

Câmara aprova projeto de Lei que cria a Frente Parlamentar em defesa do transporte alternativo em São Luís

Câmara aprova projeto de Lei que cria a Frente Parlamentar em defesa do transporte alternativo em São Luís

Aprovado na Câmara Municipal de São Luís, o projeto de Lei n. 002/18 de autoria do vereador Genival Alves (PRTB), que propõe a criação da Frente Parlamentar em defesa do transporte alternativo.

O vereador afirmou que a necessidade de debater a regulamentação da atividade de transporte, como vans, micro-ônibus, e carros lotação, têm como objetivo discutir o impasse em torno das leis que regulamenta o setor, que cresceu nos últimos anos.

“Essa luta não foi só minha, mas de todos nós, porque esses carrinhos lotação já atuam na região do Itaqui-Bacanga, onde já vem prestando um serviço essencial para toda a comunidade, por isso a criação do projeto de lei que cria a Frente Parlamentar, para discutimos acerca da regulamentação”, salientou Alves.

O parlamentar parabenizou a aprovação do projeto na casa de leis pelos seus pares, e que a regulamentação do transporte alternativo partiu dos moradores.

“Estivemos reunidos com todos que prestam esses serviços e grande parte reside naquela área e até os próprios moradores aprovam que sejam regularizados, pois esse é o nosso desejo.  Quero aproveitar aqui para agradecer todos os colegas vereadores que votaram neste tão importante projeto para a população de São Luís, e para mim já é um grande avanço”, o vereador Genival Alves.