Browsed by
Mês: janeiro 2019

Zé Inácio vai propor gestão compartilhada para empreendimentos imobiliários

Zé Inácio vai propor gestão compartilhada para empreendimentos imobiliários


O deputado Zé Inácio (PT) que toma posse, nesta sexta-feira (1º), para seu segundo mandato na Assembleia Legislativa do Maranhão, fez um balanço do seu primeiro mandato e falou sobre a expectativa para uma nova jornada no parlamento que inicia a partir de amanhã.
Em entrevista exclusiva ao blog da Dalvana Mendes, Zé Inácio que foi o presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investigou e confirmou a existência de irregularidades cometidas pela construtora Cyrela em empreendimentos imobiliários de São Luís, afirmou que pretende apresentar uma proposta na Assembleia Legislativa visando a gestão compartilhada de empreendimentos imobiliários no estado.

Confira o bate-papo via plataforma digital do blog:

DALVANA MENDES –
Qual a sua expectativa para o seu segundo mandato que inicia no próximo dia 02 de fevereiro?

ZÉ INÁCIO: Continuaremos fazendo um mandato de luta em defesa do povo maranhense, sobretudo aqueles que mais precisam. Um mandato voltado para a classe trabalhadora, para os jovens, respeitando a diversidade da nossa gente e pautando temas essenciais para o desenvolvimento do nosso Estado, como a saúde, a educação e a segurança pública.

DM – Qual será a bandeira de luta na Assembleia legislativa para os próximos quatro anos de mandato?

ZI: Teremos várias bandeiras de luta, e uma das fundamentais será a defesa da educação, uma educação pública de qualidade, libertadora, sem censura, sem amarras, que valorize ainda mais os nossos professores e estudantes. Além disso, a defesa do direito à terra, à produção, dos nossos agricultores familiares, juntamente com os movimentos sociais que estão sofrendo inúmeras ameaças por parte do atual governo Bolsonaro.

DM – O senhor já tem algum projeto em mente que pretende apresentar assim que tomar posse para o segundo mandato?

ZI: Em face do que observamos no contexto da CPI da Cyrela, pudemos constatar, no que diz respeito a empreendimentos imobiliários, que há muito a ser aperfeiçoado nos marcos regulatórios para uma gestão integrada na região metropolitana, visando estabelecer diretrizes para a ação articulada dos órgãos municipais.

Para conhecer melhor os limites e possibilidades desta atuação, promoveremos reuniões técnicas e audiências públicas visando colher as contribuições da sociedade para construir esse novo marco regulatório; naturalmente, mais atualizado e contextualizado e mais eficaz.

DM – Qual o seu maior legado deste seu primeiro mandato? E o que pretende deixar como marca para o segundo mandato?

ZI: no nosso primeiro mandato propusemos importantes leis, e eu destaco a lei de nossa autoria já em vigor que obriga os bancos públicos e privados do Maranhão a garantirem vigilância armada 24h em seus estabelecimentos, o que contribui com a segurança dos usuários e também emprego aos profissionais da vigilância do Estado.

Neste segundo mandato, continuaremos trabalhando para aprovar leis que melhorem a vida dos maranhenses, a exemplo do projeto de lei que trata da regularização do piso salarial regional dos trabalhadores no Maranhão, que será um grande avanço no nosso Estado. Será um mandato de muito mais trabalho e compromisso com o povo maranhense!

Câmara retoma atividades com discussão de projetos importantes e polêmicos

Câmara retoma atividades com discussão de projetos importantes e polêmicos

Este ano, além de comemorar os seus 400 anos com uma vasta programação que será desenvolvida ao longo dos próximos meses, a Casa presidida pelo vereador Osmar Filho (PDT) analisará matérias importantes e polêmicas, como são os casos do programa “Escola sem Partido” e a proposta que regulamenta o serviço privado de transporte individual de passageiros, o Uber.

A lista de assuntos inclui, ainda, mudanças no Plano Diretor na capital maranhense, que está na fase das audiências públicas; Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), que estabelece orientações para a confecção da Lei Orçamentária Anual (LOA); e também votação de prestação de contas de ex-prefeitos.

As discussões sobre regras para construções e uso do espaço urbano na capital prometem embates entre movimentos sociais, o setor imobiliário e a prefeitura nos próximos meses, quando um projeto substitutivo do Plano
Diretor chegará ao Palácio Pedro Neiva de Santana, sede do legislativo municipal.

As discussões acerca de mudanças no Plano Diretor de São Luís começaram em 2017, quando foram realizadas várias reuniões e audiências públicas com a sociedade civil.

Desde então, o projeto ficou parado e não foi apreciado na Câmara Municipal. Durante o ano passado, vereadores cobraram do prefeito Edivaldo Júnior (PDT) uma reavaliação do Plano, antes que fosse levado ao plenário, mas qualquer decisão nesse sentido deve ficar mesmo para este ano.

Escola Sem Partido – Outro tema polêmico, que trata da criação do programa “Escola Sem Partido” (Projeto de Lei 113/2017), deve ser um dos principais temas nas discussões sobre educação. A proposta obriga as escolas a respeitar as convicções do aluno, de seus pais ou responsáveis.

Pelo texto, os valores de ordem familiar têm precedência sobre a educação escolar nos aspectos relacionados à educação moral, sexual e religiosa. O autor do projeto, vereador Francisco Carvalho (PSL), defende a ideia de uma escola sem partido. “Somos a favor da família. Escola deve ensinar Português e Matemática”, afirmou o parlamentar.

A matéria foi apresentada em 2017 e recebeu parecer favorável da Comissão de Educação , na época presidida pelo vereador Ricardo Diniz (PRTB).

Um dos parlamentares que é contra a proposta é o petista Honorato Fernandes. Segundo ele, a projeto é uma ameaça à liberdade de expressão.

Há ainda o Projeto de Lei nº 001/2017, de autoria do vereador Paulo Victor (PTC), que trata da regulamentação das Operadoras de Tecnologia de Transporte Credenciadas (OTTCs) que atuam com transporte individual de passageiros em São Luís.

A proposta cria regras sobre a limitação da frota do Uber, Cabify, 99 Pop e outros aplicativos na capital.

O texto foi apresentado ainda em fevereiro, no início da nova legislatura, mas ainda tramita pelas comissões de Constituição e Justiça e pela de Transporte. A proposta é polêmica, principalmente, porque, em maio daquele ano, a Mesa Diretora da Casa promulgou lei que proíbe o serviço do Uber na capital maranhense.

A regra é resultado de uma proposta da agora ex-vereadora Luciana Mendes, apreciada e aprovada no plenário da Câmara em outubro de 2016.

A nova proposta de Paulo Victor que tramita na Casa desde fevereiro de 2017 sofreu modificações após uma série de reuniões entre os parlamentares, taxistas e motoristas de Uber. As novas emendas foram apresentadas pelos vereadores Genival Alves (PRTB), Beto Castro (PROS) e Antônio Marcos Silva, o Marquinhos (DEM).

Orçamento – Temas como Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), que estabelece orientações para a confecção da Lei Orçamentária Anual (LOA), e também votação de prestação de contas de ex-prefeitos que faz parte do cumprimento de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado ano passado entre a Câmara e o Ministério Público Estadual (MP), aguardam vereadores na volta do recesso parlamentar, a partir do dia 4 de fevereiro.

Hilton Gonçalo recebe certificação do TCE por cumprir transparência e limites legais em Santa Rita

Hilton Gonçalo recebe certificação do TCE por cumprir transparência e limites legais em Santa Rita

A Prefeitura de Santa Rita recebeu essa semana certificação de qualidade em transparência pública. O reconhecimento emitido pelo Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE) foi motivado pela constatação das exigências de transparência previstas no art. 48, parágrafo único, incisos II e III, c/c o art. 48-A, da Lei Complementar nº 101/2000, conforme levantamento realizado pela Secretaria de Controle Externo no último dia 28 deste mês.
Além do reconhecimento com relação à transparência, conforme exigência da Lei de Acesso à Informação (2011), o município também obteve outra conquista: cumpriu as metas fiscais estabelecidas pela Lei de Responsabilidade Fiscal (2000).
DOCUMENTO

 

Clique aqui e confira a certificação do TCE à Prefeitura de Santa Rita

 O documento destaca ainda que Santa Rita também foi reconhecida por executar a gestão fiscal de 2018 de forma responsável e transparente, respeitando os limites de despesas com pessoal e cumprindo as determinações constitucionais sobre os recursos para as áreas de Educação e Saúde. As informações foram constatadas por meio de Certidão de Regularidade nº 649 / 2019, emitida com base na Instrução Normativa nº 32/2014.A partir do contexto observado em 2018, o município santa-ritense adotou importantes medidas de controle fiscal, como a aplicação de 26,61% na manutenção e desenvolvimento do ensino. Além disso, do total de recursos recebidos do Fundeb, destinou 69,3% ao pagamento de profissionais do magistério da educação básica em efetivo exercício na rede pública.

De acordo com a certidão, a gestão Hilton Gonçalo aplicou 15,75% em ações e serviços públicos de saúde, cumprindo a exigência da legislação em vigor. A administração santa-ritense aplicou em despesa total com pessoal, apenas 49,82% da Receita Corrente Liquida, obedecendo, assim, às exigências da legislação.

“Não excedeu o limite fixado para a dívida consolidada líquida pelo art. 3º da Resolução do Senado Federal nº 40, de 20/12/ 2001. Não realizou operação de crédito acima do montante das despesas de capital, nos termos do art. 167, III, da CFRB/1988″, destaca as informações na certidão.

“O Tribunal de Contas do Estado do Maranhão informa que o jurisdicionado cumpriu as exigências de transparência previstas no art. 48, parágrafo único, incisos II e III, c/c o art. 48-A, da Lei Complementar nº 101/2000 (levantamento realizado pela Secretaria de Controle Externo em 28/01/2019)”, concluiu o documento.

Seguidores de Bolsonaro lamentam filiação de Ocileia ao PSL na Raposa

Seguidores de Bolsonaro lamentam filiação de Ocileia ao PSL na Raposa

02026e73-b1c5-4d84-9d52-e3404df18ad7

Na opinião dos eleitores rapoesenses, Ocileia sempre gostou de falar. Na oposição ou no governo, o hobby preferida dela é falar. As coisas que costuma dizer chega enganar até ela mesma. E quando notamos, Ocileia está falando coisas que não faz; criticando coisas que igualmente faz; apontando o dedo para os erros alheios sem enxergar os que ela mesma comete.

A coerência entre o discurso e a prática, entre o que fala e faz é um dos maiores desafios de Ocileia – e a sua credibilidade depende dessa coerência. Mas o problema dela sempre foi esse: a falta de coerência. Agora, após as eleições de 2018, ela demostra que além de ser incoerente é uma mulher oportunista que adora ser amiga do poder.

Crítica do então candidato Jair Bolsonaro na eleição do ano passado, a filha do ex-prefeito Paraíba, revoltou os eleitores e simpatizantes de Bolsonaro ao posar com uma ficha de filiação do PSL, partido do presidente da República que ela tanto criticou na campanha.

A repercussão foi tão negativa, mas tão negativa, que os eleitores de Oscileia, envergonhados, resolveram se manifestar e publicamente afirmam que ela caiu no conceito popular: “Não tem química”. “É uma atitude oportunista”. “Caiu no meu conceito”. “Ela me envergonhou”, foram algumas das frases mais comentadas nas redes sociais e grupos de aplicativos de troca de mensagens da Raposa.

Parece que a decepção foi generalizada!

Veja alguns comentários:

eddaa746-fc4e-40c1-8539-3ba2b9cb176c

c7e776c6-d0eb-457b-befc-948d5f1293c9

f15b8eda-fa95-43e7-b500-75c361412b4f

5e896573-8095-4a9f-8aee-5496e2bdebc6

Vereador Marcelo Poeta recebe o deputado federal Márcio Jerry em fábrica de bloquetes

Vereador Marcelo Poeta recebe o deputado federal Márcio Jerry em fábrica de bloquetes

Na oportunidade, o deputado também acompanhou a vistoria nas obras de construção do calçamento ao lado do Cintra, no mesmo bairro, sonho antigo dos moradores.

O vereador Marcelo Poeta (PCdoB) recebeu no final de semana a visita do deputado federal Márcio Jerry (PCdoB) na fábrica de produção de bloquetes, mantida pelo vereador no bairro do Anil. Na oportunidade, o deputado do PCdoB também acompanhou a vistoria nas obras de construção do calçamento ao lado do Cintra, no mesmo bairro, sonho antigo dos moradores.

Toda a produção é realizada com mão de obra local para inserir a comunidade no mercado de trabalho e proporcionar o incremento no orçamento das famílias. Atualmente são fabricados cerca de mil bloquetes por dia, a maioria é direcionada as obras de investimento do próprio vereador como no calçamento ao lado do Cintra, serão 300 metros de pavimentação e a previsão de entrega é para o próximo mês. A iniciativa é uma reivindicação antiga, pois não existe passarela para os pedestres que se arriscam na rua entre os veículos ou no acostamento que está tomado por lixo e mato.

Para dar continuidade às ações, o vereador destacou a importância do apoio recebido de Márcio Jerry e também do presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, Othelino Neto (PCdoB). “Agradecer a parceira do nosso deputado federal Márcio Jerry e o deputado estadual Othelino Neto que sempre estão com a gente, nos dando aquela força e o apoio necessário para construir. Isso que a gente tem feito, construindo e realizando aquilo que a nossa comunidade precisa”.

Já o parlamentar do PCdoB destacou o trabalho desenvolvido por Marcelo e como essas iniciativas servem de inspiração para outros políticos. “Um trabalho que orgulha muito, que inspira. Aqui é um modelo a ser seguido por outros políticos do Maranhão, não só em São Luís como em todo o Estado”, exaltou Márcio.

 

 

Prefeitura de São Mateus distribui sementes de arroz e milho

Prefeitura de São Mateus distribui sementes de arroz e milho

O prefeito Miltinho Aragão acompanhado de diversas autoridades municipais, entregou 8 toneladas de sementes de arroz e milho a pequenos agricultores do município, na manhã da última sexta-feira (25), antiga Cibrazem, em São Mateus.
A prefeitura também beneficiou o Sindicato dos Trabalhadores e trabalhadoras Rurais e o Sindicato dos Trabalhadores da Agricultura Familiar de São Mateus, o que ampliará o número de beneficiários, fato que irá aumentar consideravelmente a produção deste ano na cidade.
A entrega é fruto da parceria da prefeitura com o Governo do Estado por meio do programa ‘Mais Sementes’.

Aumento de tarifas de ônibus em São Luís já está valendo

Aumento de tarifas de ônibus em São Luís já está valendo

Os novos valores das tarifas de ônibus em São Luís entraram em vigor no último sábado (26).

Com o aumento de R$ 30 centavos anunciado esta semana pela Prefeitura de São Luís, as tarifas já estão custando R$ 3,40 nas linhas integradas e R$ 2,95 nas linhas não integradas.

Nos semiurbanos, a tarifa passa de R$ 3,10 para R$ 3,40. Já o Expresso Metropolitano passa de R$ 3,30 para R$ 3,60.

Deputados eleitos tomam posse em 1º de fevereiro

Deputados eleitos tomam posse em 1º de fevereiro

Os deputados eleitos para a 19ª legislatura da Assembleia Legislativa do Maranhão serão empossados no dia 1º de fevereiro de 2019, sexta-feira, às 9h30, no Plenário Deputado Nagib Haickel.

De acordo com informações do diretor geral da Mesa, Bráulio Martins, já foram providenciados todos os preparativos para a primeira sessão preparatória, marcada para 9h30, horário em que acontecerá a posse dos 42 deputados estaduais eleitos e reeleitos em 7 de outubro de 2018, e que ficarão no Parlamento maranhense nos próximos quatro anos.

Logo em seguida, além da posse dos parlamentares, acontecerá, na segunda sessão preparatória, a eleição para a nova Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, marcada para 11h30.

O diretor Bráulio Martins informou que tanto a primeira quanto a segunda sessão preparatória serão presididas pelo deputado Rigo Teles (PV), pelo fato de ter o maior número de mandatos, dentre os parlamentares reeleitos.

A eleição dos membros da nova Mesa Diretora da Assembleia para o biênio 2019/2020 terá início às 11h30 para escolha dos parlamentares que ocuparão os seguintes cargos: presidente da Assembleia, 1º vice-presidente, 2º vice-presidente, 3º vice-presidente e 4º vice-presidente; 1º secretário, 2º secretário, 3º secretário e 4º secretário, e para o cargo de Procuradora da Mulher.

Sessão Solene

A cerimônia de abertura dos trabalhos da 19ª legislatura será realizada dia 4 de fevereiro, segunda-feira, às 16h. De acordo com informações da chefe do Cerimonial da Casa, Aristeia Rabelo Machado, logo no início da cerimônia, os participantes da sessão solene se deslocarão para o hall de entrada da Assembleia Legislativa, onde acontecerá cerimônia militar.

O governador do Estado, Flávio Dino, deverá passar em revista à tropa da Polícia Militar do Maranhão. O governador e o vice, Carlos Brandão, assistirão ao desfile da tropa militar, ao lado de deputados e demais convidados. A programação contará também com a presença de autoridades das esferas federal, estadual e municipal.

A sessão solene, que marcará o início do ano legislativo de 2019, deverá ser iniciada com um pronunciamento do governador Flávio Dino, que fará a leitura da Mensagem Governamental. Em seguida, o novo presidente da Assembleia Legislativa, eleito na primeira sessão preparatória do dia 1º de fevereiro, fará discurso com o qual deverá ser encerrada a sessão solene.

Deputados que serão empossados

São estes os 42 deputados eleitos para a 19ª legislatura da Assembleia Legislativa do Maranhão, que compreende o período de 1º de fevereiro de 2019 a 31 de janeiro de 2023:

Detinha (PR), Cleide Coutinho (PDT), Duarte Jr. (PCdoB), Zé Gentil (PRB), Othelino Neto (PCdoB), Márcio Honaiser (PDT), Drª Thaiza (PP), Adriano Sarney (PV), Carlinhos Florêncio (PCdoB), Neto Evangelista (DEM), Marcelo Tavares (PSB), Professor Marco Aurélio (PCdoB), Fernando Pessoa (Solidariedade), Andreia Rezende (DEM), Edson Araújo (PSB), Rafael Leitoa (PDT), Ana do Gás (PCdoB), Adelmo Soares (PCdoB), Rigo Teles (PV), Glalbert Cutrim (PDT), Paulo Neto (DEM), Daniella Tema (DEM), Vinícius Louro (PR), Yglésio Moisés (PDT), Hélio Soares (PR), Antônio Pereira (DEM), Ciro Neto (PP), Arnaldo Melo (MDB), Roberto Costa (MDB), Fábio Macedo (PDT), Rildo Amaral (Solidariedade), Ricardo Rios (PDT), Leonardo Sá (PRTB), Zé Inácio (PT), Pará Figueiredo (PSL), Helena Duailibe (Solidariedade), Mical Damasceno (PTB), César Pires (PV), Pastor Cavalcante (PROS), Wellington do Curso (PSDB), Wendell Lajes (PMN) e Felipe dos Pneus (PRTB) .

Foto: Agência Assembleia

79% são favoráveis à permanência da prefeita França do Macaquinho, aponta Exata

79% são favoráveis à permanência da prefeita França do Macaquinho, aponta Exata

prefeita de Santa Luzia do Tide, França do Macaquinho

Pesquisa do instituto Exata divulgada pelo blog da jornalista Dalvana Mendes nesta quarta-feira (23/01) apontou que 79% dos eleitores luzienses defendem que a prefeita de Santa Luzia do Tide, Francilene Paixão Queiroz, mais conhecida como França do Macaquinho (PP), seja mantida no cargo até o final de sua gestão.

No levantamento, apenas 15% se declararam favoráveis à cassação da chefe do executivo municipal e 6% não souberam ou não responderam.

A pesquisa foi realizada nos dias 16 e 17 de janeiro do corrente ano, em comunidades das zonas urbana e rural, e ouviu 400 pessoas. A margem de erro é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%.

AVALIAÇÃO DO GOVERNO

A pesquisa também ouviu a opinião dos entrevistados sobre a avaliação do governo. A aprovação da gestão França do Macaquinho continua alta. De acordo com o levantamento, a prefeita tem aprovação de 85% dos luzienses.

Com relação a avaliação do governo, para 17% a prefeita faz uma gestão ótima, enquanto para 52% ela faz uma boa administração. 24% consideram a gestão regular, 5% declararam a gestão ruim e 2% afirmaram que ela faz uma gestão péssima.

INTENÇÃO DE VOTO

A Exata também ouviu a opinião dos entrevistados em relação aos seus possíveis adversários da prefeita, tanto em um cenário espontâneo, como em cenários estimulados que provavelmente podem concorrer nas próximas eleições municipais. De acordo com o levantamento, o médico tem 54% da intenção de votos na pergunta que não apresenta os nomes dos candidatos, já quando os nomes são apresentados, França do Macaquinho chega a 66%.

A pesquisa Exata aponta que no cenário espontâneo, França possui 54%; Airton Cavalcante 10%; o ex-prefeito Vera com 2%; Macaca, Dr. Márcio, Dr. Ozeas, Arielzinho, Zemar e Manoelzinho aparecem ambos com 1%, cada um; Outros 3%; Nenhum 4% e 25% disseram que não sabem.

Já no cenário estimulado, França do Macaquinho tem 66% contra 17% de Airton Cavalcanti; Vera aparece com 5%; Dr. Ozeas com 4%; Nenhum/Nulo/Branco com 4% e não sabem 4%. Os números representam os votos válidos.

França do Macaquinho está no primeiro mandato como prefeita de de Santa Luzia do Tide e deve disputar a reeleição em 2020, pois todos os números apontam amplo favoritismo. A empresária que disputou sua primeira eleição em 2016 foi eleita com 18.030 votos equivalente a 53,00% do eleitorado.

Miltinho Aragão recebe máquinas agrícolas para ampliar produção de arroz em São Mateus

Miltinho Aragão recebe máquinas agrícolas para ampliar produção de arroz em São Mateus

Além dos equipamentos, município também recebeu insumos que vão beneficiar os produtores

Máquinas trilhadeiras, equipamentos e insumos que vão ajudar agricultores de arroz na produção e transporte dos produtos no município de São Mateus do Maranhão foram entregues – através de cooperação técnica – pelo governador Flávio Dino ao prefeito Hamilton Nogueira Aragão, o Miltinho (PSB), na manhã dessa terça-feira (22), no Palácio Henrique de La Roque

Os bens adquiridos fazem parte de uma ação que integra o macroprograma Mais Produção, desenvolvida pelo Sistema Estadual de Produção e Abastecimento (Sepab), que inclui, também as secretarias de Estado da Agricultura Familiar (SAF), Desenvolvimento Social (Sedes), Indústria e Comércio (Seinc) e de Trabalho e Economia Solidária (Setres). A Secretaria de Estado de Igualdade Racial (Seir) também integrou o grupo, beneficiando comunidades produtoras em áreas quilombolas; e houve ainda a parceria com o Sebrae.

Durante a solenidade, o governador assinou os termos de cooperação técnica formalizando a entrega dos equipamentos. O chefe do executivo estadual pontuou a importância em manter e fortalecer a ação parceria com as prefeituras e instituições da produção.

“Esse é o momento para enaltecer todos que se compromissam e atuam na produção agrícola e este ano reforçamos a importância da união e dos esforços conjuntos, que resultam destas parcerias, a exemplo da promoção da autonomia econômica dos produtores. Esse tem sido o foco do Governo e neste primeiro ato público oficial deste mandato, agradecemos os que somam para que práticas desta natureza sejam concretizadas beneficiando os que ajudam na construção do nosso Estado”, destacou Flávio Dino.

Durante o ato, Miltinho Aragão relembrou da retomada do projeto Salangô, em abril de 2015, que na época tinha apenas 3 mil hectares, e hoje conta com 10 mil hectares. Planejado para ser o maior projeto de irrigação do Estado do Maranhão e um dos maiores do país.

“São Mateus vem se destacando entre os municípios produtores de arroz, pois o nosso município na nossa administração tem feito um esforço muito grande em parceria com o Governo do Estado para ampliar cada vez mais essa produção. Depois do projeto Salangô, em abril de 2015, por exemplo, saímos de 3 mil para 10 mil hectares na nossa gestão. Esses equipamentos vão ajudar mais ainda, pois ganha o produtor rural que tem o custo da produção reduzido e ganha o consumidor final que recebe um produto mais barato. Estamos sempre lutando e buscando cada dia mais melhorias, para São Mateus”, pontuou Miltinho.

O vice-prefeito de São Mateus, Ivo Resende (PSB), também prestigiou o evento que contou também com a presença do senador Weverton Rocha; dos deputados federais Márcio Jerry, Pedro Lucas e Junior Marreca; do deputado estadual Adelmo Soares; o deputado federal; do secretário de Estado de Igualdade Racial (Seir), Gerson Pinheiro; do presidente da Federação dos Municípios do Maranhão (Famem) e prefeito de Tuntum, Cleomar Tema; da presidente do Sindicato de Pescadores e Marisqueiras da Grande Ilha de São Luís, Maria de Fátima Silva; e do presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae, Raimundo Carvalho.