FARRA: Imprensa nacional repercute o “Mais Capelães”

FARRA: Imprensa nacional repercute o “Mais Capelães”

Governador do MA triplica contratações de capelães com salários de até R$ 21 mil

O Governo do Maranhão continua a estampar na mídia nacional com pautas negativas.

Agora a bola da vez foi o programa “Mais Capelães” que ganhou o noticiário brasileiro contrariando o discurso de posse de Flávio Dino de que o Maranhão deixaria de ser pauta ruim na imprensa do eixo Sudeste/Sul.

Matéria assinada pelo jornalista Ricardo Galhardo no portal do Estadão, conta que:

“De olho nos votos dos evangélicos, o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), tem estreitado as relações com os grupos religiosos do Estado. Nos últimos meses, Dino aumentou de 14 para 50 o número de capelães contratados pelo governo estadual. A maioria dos novos cargos foi entregue a líderes evangélicos, alguns deles filiados a partidos da base de Dino”

O assunto ganhou parte dos debates nas últimas semana, na Assembleia Legislativa do Maranhão, após a deputada Andrea Murad denunciar a farra dos capelães no governo Flávio Dino, que em apenas um dia foram criados mais de 10 cargos para o quadro da Polícia Civil, somando mais de 50 cargos à capelania em plena vésperas das Eleições 2018.

Considerado “articulador de recrutamento de capelães”, cabe ao ex-vice-governador Pastor Porto garimpar lideranças religiosas para alcançaram a Capelania. Aliás, nas horas vagas Porto exerce o cargo secretário de Relações Institucionais na Região Tocantina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *