Frente parlamentar em defesa das escolas comunitárias de São Luís apresenta os resultados positivos

Frente parlamentar em defesa das escolas comunitárias de São Luís apresenta os resultados positivos

Na tarde do último sábado, a frente parlamentar em defesa das escolas comunitárias de São Luís esteve no bairro do Coroadinho, fazendo a sua segunda plenária na comunidade, que contou com a participação de vários representantes das escolas comunitárias, vereadores e de líderes comunitários da localidade e adjacências.

O presidente da frente, vereador Francisco Chaguinhas (PP), falou da importância da reunião. “Mais uma reunião, quando pudemos ouvir a comunidade e os representantes das escolas comunitárias do bairro do Coroadinho, e onde foram pautados o fortalecimento e o diálogo entre o Legislativo e os comunitários”, disse.

Mostrando a força e o resultado do trabalho da frente parlamentar, o vereador Genival Alves (PRTB) afirmou que a prefeitura de São Luís já pagou cerca de 90% dos convênios às escolas, e o restante não foi pago por ter sido encontrada algumas irregularidades na documentação. “A prefeitura de São Luís está de parabéns por entender o verdadeiro papel das escolas comunitárias. Já foram pagos quase 100% dos convênios às escolas comunitárias. A frente irá continuar no mesmo rumo para que assim as garantias de direito dessas comunidades sejam atendidas”, disse.

Participando também no ato, o vereador Nato Júnior disse que a reunião foi positiva. “A reunião foi positiva. Estamos cumprindo o nosso papel de atender o nosso povo, e temos certeza de que a frente irá continuar fazendo com que as comunidades possam ter esse elo entre o Legislativo”, disse.

Participaram também da reunião, compondo a mesa: Sr. Robert (Pres. dos Moradores do Coroado), Auxiliadora (Frente. Mob Urbana do Itaqui-Bacanga), Sebastião Santos ( MACAIB), Genival Alves (Vereador), Nato Júnior (Vereador), Sr. Claudiomar (Pres. da União de Moradores da Vila Conceição/Coroadinho) e várias outras lideranças comunitárias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *