PF monitora grupo de muçulmanos que desembarcou no Maranhão

PF monitora grupo de muçulmanos que desembarcou no Maranhão

A Polícia Federal está monitorando diariamente um grupo de oito paquistaneses muçulmanos que desembarcou no Maranhão nos últimos dias.

A presença do grupo  tem dividido opiniões  e acendeu o sinal de alerta da PF, que apurou  que os homens estão em terras brasileiras apenas professando o Islã. Depois de São Luís, os paquistaneses pretendem ir para Teresina, capital do Piauí.

Os paquistaneses entraram no Brasil por Roraima, de lá vieram para terras maranhenses. Eles estariam apenas com o visto de turismo – o que lhes permite permanecer no país por até três meses. Esse prazo pode ser prorrogado por igual período.

O temor manifestando em algumas redes sociais está relacionado à religião propriamente dita, já que, no Maranhão, professa-se o Cristianismo e o Islamismo institui muita coisa distante da cultura cristã, praticada por aqui. Outras preocupações giram em torno de hipotéticos ataques terroristas, estupros, violência, etc.

Outros acreditam que está havendo preconceito em relação aos muçulmanos e defendem que não se pode generalizar a relação de islamismo com terrorismo e que eles têm direito de pregar a religião deles. Em vários grupos de Whatsapp e no Facebook, as discussões chegam a ficar bem acirradas entre as pessoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *