‘No Maranhão ainda tem censura na imprensa’, diz advogado ao ter entrevista impedida de ir ao ar na TV Cidade

‘No Maranhão ainda tem censura na imprensa’, diz advogado ao ter entrevista impedida de ir ao ar na TV Cidade

 

entrevista

“No Maranhão ainda tem censura na imprensa”. Foi assim que definiu o advogado criminalista Mozart Baldez, presidente do Sindicato dos Advogados do Maranhão (SAMA), sobre sua entrevista concedida ao Programa Moreira Serra e que não foi ar no último domingo, dia 14, na TV Cidade, afiliada da TV Record no Maranhão.

Em sua página no Facebook, Baldez disponibilizou os vídeos da entrevista e afirmou que a suposta censura teria ocorrido por interferência de uma entidade de classe poderosa no estado.

“A entrevista que não foi ao ar por interferência de uma entidade de classe poderosa no Maranhão. Mas o departamento de imprensa e divulgação do SAMA estava presente”, declarou o criminalista, em comentário publicado as 13h57 de segunda-feira, em seu perfil na rede social.

Mesmo não declinado o nome da entidade, o blog apurou que a censura contra Baldez teria sido motivada, por meio de uma carta, enviada à direção da emissora por um dos dirigentes da Associação dos Magistrados do Maranhão (AMMA).

ABAIXO OS VÍDEOS DA ENTREVISTA:

Clique aqui e assista ao 1º bloco aqui para acompanhar o 2º bloco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *