Impedir São Luís de usar o Uber é brincar com a cara da população

Impedir São Luís de usar o Uber é brincar com a cara da população

A Prefeitura de São Luís já informou que a partir do segundo semestre deste ano irá fiscalizar e não permitir o uso do aplicativo Uber na cidade. A Câmara Municipal de São Luís foi a responsável pela aprovação e promulgação da lei do atraso. Os dois poderes, ao que parece, se uniram numa causa só: impedir que a população faça sua escolha e até economize mais.

Resultado de imagem para fotos do aplicativo uber

Primeiro foi a Câmara Municipal que aprovou tal lei. O prefeito Edivaldo Holanda ficou mudo e deixou o pepino para ser descascado pelos vereadores. E coube ao presidente Astro de Ogum servir a sobremesa com receio de perder os votos de taxistas e medo de que a Câmara fosse invadida por taxistas.

Os motoristas que usam o aplicativo Uber não pagam os impostos que os taxistas são obrigados a pagar. Nem compram placas por preços superfaturados. Eis bem aí a grande diferença e a razão do Uber cobrar mais barato.

Então, seria o caso do município dispensar os impostos dos taxistas e deixar todo mundo em situação de igualdade. Todos ganhariam, notadamente a população.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *