Lava Jato: Edison Lobão está incluso em lista sigilosa de Fachin

Lava Jato: Edison Lobão está incluso em lista sigilosa de Fachin

lobao

O nome do ex-ministro e senador Edison Lobão (PMDB-MA) aparece em uma das  25 petições feitas pela Procuradoria-Geral da República (PGR) que ainda estão em segredo por decisão do ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF).

Na lista, estão  ainda o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o ex-ministro Antonio Palocci, o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB) e o ex-ministro Henrique Eduardo Alves (PMDB), entre outros.

O nome de Lobão, assim como os demais, permanecem em sigilo porque a procuradoria entende que a sua divulgação pode prejudicar as investigações.

Há relatos de pagamentos de vantagens indevidas em nove campanhas eleitorais, num total de R$ 17,43 milhões – parte do valor foi pago em dólar.

Nos documentos já divulgados, soube-se que Lobão, é acusado de ter recebido R$ 5,5 milhões em propina da Odebrecht, para rever o resultado do leilão da usina de Jirau. O objetivo é que a Odebrecht assumisse o empreendimento.

“Ele sinalizava que iria nos ajudar. E que precisava de nossa ajuda, de propina”, declarou o delator Henrique Serrano do Prado Valadares, ex-executivo da Odebrecht na área de energia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *