Advogados reclamam de reajuste da anuidade e falta de transparência da OAB-MA

Advogados reclamam de reajuste da anuidade e falta de transparência da OAB-MA

365 dias (z) sem transparência da OAB-MA

Não faltaram críticas à atual gestão da OAB-MA,  principalmente, à falta de transparência em relação às contas da entidade e o reajuste  da anuidade de 2017 da classe passando esta a ser R$ 718,59.

A categoria criticou o aumento em relação a situação econômica atual. Vale lembrar que durante o  discurso de campanha, à presidência do órgão, Thiago Diaz garantiu que não aumentaria a anuidade e teria uma gestão transparente.

Estes fatos tem levado Thiago Diaz a ficar cada vez mais desacreditado, é por, até o momento, não ter  prestado contas da sua gestão. Em levantamento feito na página de Transparência da OAB-MA, o último balanço financeiro trimestral divulgado é o de julho/setembro de 2015 e o último anual é o de 2014, período em que quem estava na presidência era o advogado Mário Macieira.

oab-ma

A falta de transparência na gestão de Diaz impede que a classe e a sociedade acompanhe, por exemplo, se os gastos são superiores à arrecadação; se há acréscimo acentuado de despesas; se existe o valor da reserva de contingência; se a folha de salário dos funcionários está sendo paga; se há pagamento desordenado de obras sem a devida comprovação de sua realização; e de quanto é a receita da entidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *