MPF denuncia 12 ex-deputados federais do Maranhão no caso da ‘farra das passagens’

MPF denuncia 12 ex-deputados federais do Maranhão no caso da ‘farra das passagens’

passagem
Galeria dos ex- deputados maranhenses que abusaram do dinheiro público com passagens

O site Congresso em Foco revela que o Ministério Público denunciou a Justiça que 443 ex-deputados federais teriam cometido abuso na utilização das passagens aéreas. O assunto foi denunciado pelo próprio site ainda em 2009 e ficou conhecido como a farra das passagens.

No Maranhão, doze ex-deputados federais  foram denunciados sob a acusação de terem usado dinheiro público estão:

Ex-ministro do Turismo Gastão Vieira (Pros);

Vice-governador Carlos Brandão (PSDB);

Prefeito eleito de Barreirinhas, Albérico Filho (PMDB);

Prefeito eleito de Paço do Lumiar, Domingos Dutra (PCdoB);

Atual prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira (PSDB);

Atual prefeito de Santa Inês, Ribamar Alves (PSB);

Ex-deputado Clóvis Fecury (DEM),

Ex-deputado Remi Trinta (PP),

Ex-deputado Julião Amim (PDT);

Ex-deputada Nice Lobão (DEM);

Ex-deputado Pedro Novais (PMDB)

Ex-deputado Sétimo Waquim (PMDB).

FARRA

O Ministério Público Federal identificou que as passagens aéreas foram utilizadas pelos ex-parlamentares para fins diferentes do que estabelecia o ato normativo que criou o benefício. A ‘ajuda’ era exclusiva para que os congressistas se deslocassem entre suas bases eleitorais e Brasília.

Ainda segundo o Congresso em Foco, para fazer as denúncias, a Procuradoria da República recebeu apoio da Polícia Federal. Consta que foram examinados 160 mil bilhetes aéreos pagos pela Câmara aos deputados entre 2007 e 2009 às companhias Gol e TAM.

O site responsável pela denúncia levantou que os gastos com esses bilhetes chegaram a R$ 70 milhões, em valores da época. Só com viagens internacionais, foram 1.588 trechos, que saíram ao custo de R$ 3,1 milhões. Outros R$ 64 milhões bancaram 112 mil voos nacionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *