Prefeito de Mirinzal, preso durante eleições, deixa a cadeia

Prefeito de Mirinzal, preso durante eleições, deixa a cadeia

amaury

O prefeito de Mirinza, Amaury Almeida (PDT), que havia sido preso no último domingo  (2) por crime eleitoral, segundo a SSP , já está em casa.

Ele garantiu a liberdade após audiência de custódia, no Tribunal de Justiça e deixou a penitenciária de Pedrinhas, para onde foi mandado ainda no domingo.

Amaury é acusado de tentativa de homicídio, depois de supostamente haver entrado em confronto com militantes adversários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *