Atraso em obras no campus da UFMA é destaque no Bom Dia Brasil

Atraso em obras no campus da UFMA é destaque no Bom Dia Brasil

Mais de 200 obras estão paradas em quase todas as universidades federais do Brasil. Tem obra que era para ter sido entregue há quatro anos. O Bom Dia Brasil desta sexta-feira (26) fez um giro pelo país mostrando que esse descaso pode custar caro aos cidadãos.

No Maranhão, as obras da Biblioteca Central da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) começaram há cinco anos, deveriam ter sido concluídas em 2013, e jamais foram terminadas. O valor inicial do projeto é de R$ 13 milhões. A  reportagem é de Sidney Pereira.

Prédio da Biblioteca Central está só no esqueleto; falta acabamento (Foto: Reprodução/Globo)
Prédio da Biblioteca Central está só no esqueleto; falta acabamento (Foto: Reprodução/Globo)

“É de se indignar realmente, porque é muito dinheiro aplicado e a obra não está em desenvolvimento”, diz o universitário Neles Nelson.

Em todo o país, 208 obras estão paradas em 41 universidades federais, segundo o levantamento feito pelo Bom Dia Brasil. Desde 2014, as verbas repassadas às universidades caíram de R$ 6,4 bilhões para R$ 3,1 bilhões.

Greves e atrasos
Com o atraso nos repasses, as faculdades federais e estaduais pelo país estão com calendários atrasados por causa das greves, e vão demorar para voltar ao normal.

No Rio de Janeiro, por exemplo, o calendário acadêmico só vai se normalizar em até dois anos. Este ano, acadêmicos tiveram só uma semana de aula.

Em Fortaleza (CE), a greve já dura mais de 100 dias. E em Sergipe, em um campus da UFS as aulas referentes ao ano letivo de 2016 ainda nem começaram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *