Browsed by
Mês: julho 2016

1ª Caminhada pela Saúde reúne milhares de alunos de Zumba em São Luís

1ª Caminhada pela Saúde reúne milhares de alunos de Zumba em São Luís

2016-07-25-PHOTO-00000037

Foi realizada no último sábado (22) a primeira caminhada Viva Bem Mais, pelos alunos de Zumba e Aeróbica, da associação do bairro Sol e Mar, em São Luís.

Os alunos partiram do Sol e Mar até a praça do Viva Planalto Turu I, nas principais ruas e avenidas dos bairros da região. Na oportunidade, diversas pessoas relataram seu testemunho de perda de peso com o projeto, realizado gratuitamente pela comunidade.

.

Artistas do “Pão com Ovo” são vítimas de assalto no Anjo da Guarda

Artistas do “Pão com Ovo” são vítimas de assalto no Anjo da Guarda

pao-com-ovoOs atores da companhia teatral “Pão com Ovo” foram vítimas de um assalto na noite de ontem (24), no Anjo da Guarda.

O grupo se preparava para apresentar-se na Praça da Ressureição e estava dentro de uma van que servia como camarim quando cinco criminosos entraram e anunciaram o assalto.

Na ação foram levados vários pertences dos atores e, ainda, material usado na cenografia e figurino da peça.

Mesmo após o susto eles mantiveram a programação e apresentaram a peça. A poplícia já recuperou uma filmadora do grupo.

Bandidos assaltam casa do senador Roberto Rocha

Bandidos assaltam casa do senador Roberto Rocha

roberto rocha

Assaltantes invadiram a residência do Senador Roberto Rocha (PSB) no Calhau. O senador não estava na casa no momento do assalto. Os bandidos levaram jóias, notebook, celular e dinheiro (inclusive dólar e euro). As  informação são do jornalista Clodoaldo Corrêa.

As pessoas que estavam na casa foram mantidas sob a mira de um revólver. Os bandidos pegaram os pertences e saíram. Ninguém se machucou durante o ação criminosa.

A polícia agiu rápido na caça dos criminosos. Três deles já foram capturados. Com os bandidos presos a polícia encontrou jóias e um revólver.

‘Mentir é faltar com decoro’, diz presidente do Isec ao rebater denúncias de deputado sobre desvios

‘Mentir é faltar com decoro’, diz presidente do Isec ao rebater denúncias de deputado sobre desvios

O presidente do Instituto Superior de Educação Continuada – ISEC, Celso Cutrim, se manifestou, nesta sexta-feira, nas redes socais, para rebater as denúncias feitas pelo deputado Wellington do Curso (PP) de que a entidade teria desviado R$ 33 milhões dos cofres públicos, por meio do ermo de Colaboração nº. 001/2015, firmado com a Prefeitura de São Luís, através da Secretaria Municipal Extraordinária de Governança Solidária e Orçamento Participativo – SEMGOP.

No comentário publicado hoje na página do Isec no Facebook, Cutrm disse que o parlamentar estadual faz cena pautada no oportunismo e inconsequência de palavras e afirmou que mentir é faltar com o “decoro”.

— A sociedade espera de um parlamentar um comportamento ético, sobretudo correto, na conduta e apresentação de propostas de trabalho, atitudes legais, diferentemente da cena que fomos obrigados a assistir, pautada no oportunismo e inconsequência de palavras. Mentir é faltar com o “decoro” — declarou o dirigente do Isec.

isecxwellington
Presidente do Isec chama deputado Wellington do Curso faz cena de oportunismo e inconsequência
NET é condenada pela Justiça maranhense por cobrança indevida a cliente

NET é condenada pela Justiça maranhense por cobrança indevida a cliente

Sentença assinada pelo juiz Clésio Coelho Cunha, designado para funcionar na Comissão Sentenciante Itinerante, condena a NET Serviços de Comunicação S/A a pagar o valor de R$ 5 mil (cinco mil reais) a título de danos morais, à E.S.N., cliente da operadora. Ainda de acordo com a sentença, a NET deve restituir à cliente, em dobro, os valores indevidamente cobrados no montante de R$ 1.474,02 (mil quatrocentos e setenta e quatro reais e dois centavos).

Sobre ambos os valores incidem correção monetária e juros, consta da sentença publicada no Diário da Justiça Eletrônico publicado nesta sexta-feira, 22 e refere-se ao processo Nº 0008607-24.2015.8.10.0001 (93432015).

A sentença atende à Ação de Indenização por Danos Morais e Materiais promovidas por E.S.N. em desfavor da NET. Na ação, a autora declara que firmou com a empresa Ré, contrato de prestação de serviços constituídos nos “serviços de NET FONE e NET VIRTUA, o qual era pago na forma de débito em conta”.

Em seu relatório, o juiz afirma que os elementos constantes nos autos são suficientes para a solução da demanda. “No caso dos autos, a parte autora se desincumbiu do ônus que lhe competia quanto à comprovação dos fatos que alegou”, frisa o magistrado destacando que “o cancelamento da linha foi efetuado por atendimento protocolizado”.

Citando valores de faturas anexadas ao processo, o juiz frisa que “não prosperam as alegações da ré de que teria fornecido desconto à autora para que a mesma continuasse a usufruir os serviços, o que se evidencia pelos valores das faturas que não demonstram nenhuma redução quando comparados aos valores anteriores”.

“Assim, deve a autora ser restituída pela quantia de R$ 737,01 (setecentos e trinta e sete reais e um centavos), na forma dobrada, que totaliza R$1.474,02 (mil quatrocentos e setenta e quatro reais e dois centavos). No que trata do dano moral (…).”, defende o magistrado.

Fonte: Corregedoria Geral de Justiça

Rede reafirma apoio a Eliziane Gama

Rede reafirma apoio a Eliziane Gama

eliziane rede

O Elo da Rede Sustentabilidade no Maranhão e em São Luís declararam, na noite desta quinta-feira, dia 22 de julho, apoio ao projeto de candidatura própria do PPS à Prefeitura da capital maranhense. Os membros da Rede reafirmaram que a pré-candidata, Eliziane Gama é o melhor nome para governar a cidade.

Na ocasião, o porta-voz do Elo Estadual, o ex-juiz Marlon Reis aceitou convite da deputada Eliziane Gama de comandar a coordenação jurídica da campanha do PPS.

PPS e Rede agora caminham oficialmente juntos nas eleições deste ano. Em junho, durante visita à São Luís, a ex-senadora Marina Silva já havia reiterado seu apoio incondicional ao projeto de candidatura de Eliziane Gama (PPS), além de ter classificado a deputada federal como o melhor nome para administrar a capital maranhense.

Conselho Estadual OAB-MA reprova contas de Mário Macieira

Conselho Estadual OAB-MA reprova contas de Mário Macieira

mario_macieira

O Conselho Seccional Estadual da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Maranhão – instância deliberativa da entidade – rejeitou na noite de ontem (21), por 17 votos a 9, as contas do ex-presidente Mário Macieira.

A rejeição refere-se ao exercício financeiro de 2015, último ano da administração dele à frente da Ordem, e tem como base um parecer de uma auditoria independente que aponta falhas no relatório financeiro-contábil.

O principal argumento é o de que Macieira gastou acima da média estabelecida pelo Conselho Federal da Ordem,  não controlou o fluxo de caixa e fez pagamentos desordenados de obras.

Mário Macieira é filiado ao PT e pretende ser candidato a vice-prefeito de São Luís pelo partido – numa tentativa de composição com o atual prefeito, Edivaldo Holanda Júnior (PDT).

“Compra programada”, diz Fábio Câmara sobre consórcio criado pelo governador

“Compra programada”, diz Fábio Câmara sobre consórcio criado pelo governador

O pré-candidato do PMDB à Prefeitura de São Luís, vereador Fábio Câmara, reuniu na tarde desta quinta-feira 21, os pré-candidatos a vereador pelo partido nas eleições de outubro próximo.

O evento político-partidário com a presença do senador João Alberto e ocorreu no escritório do parlamentar, localizado no bairro da Cohama, na capital. Além de João Alberto, o evento contou também com a participação do deputado federal João Marcelo e do presidente interino do PMDB no Maranhão, Remi Ribeiro.

Fábio Câmara explicou que o encontro foi um ato de confraternização com os pré-candidatos a vereador que serviu não só para alinhar o discurso, nesta fase da pré-campanha, mas para apresentar aos presentes, a prospecção de filiados com nome à disposição para o pleito.

Contra o consórcio

Durante seu discurso, o pré-candidato a prefeito de São Luís pelo PMDB afirmou que estava “abrindo mão da verba para elevar o verbo” e destacou os motivos pelos quais está disposto a concorrer ao cargo de prefeito da capital.

— Eu faço coisas que políticos não costumam fazer: abro mão da verba do salario, da verba indenizatória e saio da zona de conforto para ser candidato a prefeito. Faço isso porque é inadmissível que o povo de São Luís não tenha outras opções além do consórcio de pré-candidatos apoiado pelo governador. Consórcio é uma modalidade de compra programada, uma forma de poupança por meio de autofinanciamento — declarou.

Em sua fala, o senador João Alberto destacou que o ato reforça a união do partido com os pré-candidatos.

— Isso demonstra a união do PMDB com os pré-candidatos. Estou me sentindo muito à vontade, para dizer isso, pois cheguei ao partido quando muitos aqui nem haviam nascido. O PMDB tem representatividade e a decisão da pré-candidatura a prefeito faz com que a sigla cresça e mostre a força que sempre teve no estado — destacou.

O deputado João Marcelo destacou a importância do PMDB lançar pré-candidatos não apenas em São Luís, como também em outros municípios do estado. Na opinião do parlamentar, a legenda precisa recuperar a força que sempre teve no cenário politico maranhense.

— Acho importante que o partido tenha candidato e vejo com bons olhos o nome do vereador Fábio Câmara em São Luís. Nosso focou não é apenas a capital, estamos com pré-candidaturas em vários municípios do estado — disse.

Apoio dos pré-candidatos a vereador

Vários postulantes a uma vaga na Câmara de Vereadores destacaram a importância da pré-candidatura de Fábio Câmara em São Luís. Um deles foi o servidor público federal, Evan de Andrade, que foi candidato ao cargo de Senador em 2014 e este ano vai buscar uma cadeira no parlamento municipal. Falando em nome dos demais pré-candidatos a vereador, Andrade disse que uma candidatura a prefeito vai fortalecer o partido na capital.

— Entendo que é muito salutar termos candidatura própria, pois isso irá fortalecer o quadro do PMDB. É um desejo da executiva nacional e estadual que o partido se fortaleça e a pré-candidatura de Fábio Câmara para nós, é motivo de muita alegria e satisfação. Isso vai fortalecer o nosso partido em nível municipal e regional — reforçou.

Talita Laci deve “relaxar” Edilazio Jr na Convenção para agradar Flávio Dino‏

Talita Laci deve “relaxar” Edilazio Jr na Convenção para agradar Flávio Dino‏

EdilazioJuniordeputado

O BLOG DA DALVANA MENDES tem analisado bem de perto as movimentações no cenário político do município de Raposa e em busca de notícias exclusivas, se deparou com uma situação que pode causar uma verdadeira saia justa para a pré-candidata comunista Talita Laci, o deputado estadual Edilázio Jr e o governador Flávio Dino.

Ocorre que Talita Laci tem laços bem difíceis de serem desfeitos com o deputado Edilázio Júnior (PV), que vem a ser inimigo declarado de Flávio Dino. Nos próximos dias Talita Laci terá que realizar a convenção partidária do PCdoB e pelo que rege o protocolo dos bons políticos, terá que colocar no palanque, ao seu lado, seus grandes apoiadores que trocando em miúdos são os inimigos mortais Edilázio e  Dino. Será que Talita conseguirá realizar esta incrível façanha?

Ou será que o deputado Edilázio Jr será descartado, não sendo ao menos convidado para o evento?

Façam as suas apostas!

Justiça aplica medidas cautelares a Barbosa da Dimensão

Justiça aplica medidas cautelares a Barbosa da Dimensão

 barbosa

Em resposta a ação conjunta do Ministério Público Federal no Maranhão (MPF/MA) e da Polícia Federal (PF), a Justiça decidiu pela aplicação de medidas cautelares contra Antônio Barbosa de Alencar, o Barbosa da Dimensão Engenharia.

A decisão acolheu parcialmente representação que, além das medidas cautelares, pedia a conversão da prisão temporária do proprietário do grupo Dimensão em prisão preventiva, que não foi concedida.

No intuito de inibir a repetição dos crimes investigados e evitar obstáculos às investigações, a Justiça determinou que os indiciados compareçam mensalmente perante o Juízo para informar e justificar suas atividades, sejam proibidos de sair da cidade onde residem por mais de 15 dias sem autorização judicial, recolham-se aos seus respectivos domicílios no período da noite, entre 22h e 6h, e sejam proibidos de ter acesso ao prédio da Receita Federal pelo prazo de 60 dias.

Outros envolvidos  devem cumprir as medidas como Antônio Alves Neto, contador do grupo, Arivaldo Silva Braga, servidor do fisco municipal, os advogados José Roosevelt Pereira Bastos Filho e Alan Fialho Gandra Filho, os funcionários da Receita Federal do Brasil Osmir Torres Neto, Maria das Graças Coelho Almeida e Alan Fialho Gandra, e Dário Jacob Bezerra, investigados na Operação Lilliput.

 De acordo com o juiz federal da 2ª Vara, José Magno Linhares Moraes, “o descumprimento das medidas impostas poderá acarretar em decretação de prisão preventiva”.