População de Paço do Lumiar sofre com unidades de saúde superlotadas

População de Paço do Lumiar sofre com unidades de saúde superlotadas

Quem procura as unidades públicas de saúde, em Paço do Lumiar, está sofrendo com a superlotação e demora no atendimento. Os moradores reclamam da demora da reforma na Unidade Mista do Maiobão. Muitos pacientes estão sendo encaminhados para um Posto Médico no Centro Social Urbano (CSU) e a grande procura por atendimento tem gerado transtornos.

No local, os portões fechados, nenhum trabalhador no canteiro de obras e as máquinas paradas revelam uma obra abandonada há tempos. A reforma do antigo prédio da Unidade Mista, alçada pelo valor de R$ 700 mil, e que deveria ser finalizada em 300 dias, está sendo destruída pelo tempo, coberta com vegetação.

Já são mais de três anos e o que se vê é o abandono do lugar que poderia ajudar a comunidade e esvaziar os Postos de Saúde do bairro.

Com o abandono do lugar, em várias partes há muitos resíduos sólidos. A porta da enfermaria está sendo destruída pela ação do tempo. E, enquanto o prédio não é entregue, a unidade foi transferida para outra localidade, bem menor e apertada, segundo relatos dos pacientes.

A recepção se transformou em lugar de pré-atendimento e as macas para transportar os pacientes ocupam parte das portas. Muitos usuários reclamam que devido à lotação acabaram desistindo do atendimento no Posto de Saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *