Postos de Saúde e Escolas são abandonadas por Araken em Alcântara

Postos de Saúde e Escolas são abandonadas por Araken em Alcântara

A saúde e a educação segue abandonada no município de Alcântara, administrada pelo  prefeito Araken. As fotos abaixo mostram como vivem os alunos da Escola Duque de Caxias em Oitiua, maior povoado do município.

Os estudantes bebem água direto do botijão, além disso, os copos são usados sem sequer lavar. Os mesmos copos que são usados durante o dia, servem no período noturno, já que a escola funciona como anexo do Estado.

AG1 AG2

Estas fotos abaixo são de uma Escola na Comunidade Janã, zona rural do município de Alcântara, abandonada por Araken desde 2013, onde o prédio virou abrigo de morcego.

AG8 AG7

 Na saúde as UBS’s (Unidade Básica de Saúde), estão jogadas ao abandono. Nos povoados Oitiua, Itaaú e Peroba, o caos está desastroso. Além disso, os funcionários estão apelando para receber o que lhe são de direito, houve um tempo em que os servidores ficaram oito meses sem receber os devidos salários, entre médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, agentes comunitários, e devidos o abandono, o município de Alcântara está sem assistência básica. A população alcantarense está sendo socorrida no Hospital Lídia Martins, na cidade de Bequimão.

AG3 AG4

Como é ano de eleição, o prefeito Araken decidiu recontratar vários funcionários com a promessa de que iria colocar em dias o pagamento, contratando também novos servidores com o intuito de melhorar sua imagem e garantir sua reeleição. Só que a situação é outra.

Após as eleições, ganhando ou perdendo, Araken vai dar o bote novamente. Se ganhar, será obrigado devolver a secretária de saúde para Raimundo Filho (PT), que segundo boatos, é o maior agiota da lista de Araken, haja vista que nessa gestão o ex-vice prefeito de Paço do Lumiar, comanda duas secretárias em Alcântara.

AG5P AG6P

De acordo com informações obtidas pelo Portal, houve uma reunião de portas fechadas com todos os funcionários, entre antigos, e recém-contratados com a promessa de que tudo iria mudar e os salários voltariam a ser pagos em dias. Tudo mentira!.

Os servidores retomaram seus postos de trabalho, a maioria tendo que se deslocar da capital até a cidade para desempenhar seus trabalhos e tentar atender da melhor forma uma população tão sofrida. Para se ter ideia, os profissionais custeiam do próprio bolso ida e volta, estadia, alimentação na esperança de receber dignamente o salário no final do mês.

Desde abril o cenário não mudou, e o prefeito Araken continua a não pagar o funcionalismo em dia, sendo que vários servidores contraíram até dividas para poder exercer sua função. Nos bares da cidade, Araken bate no peito e diz ter R$5.000.000,00 (Cinco milhões para se reeleger). A população alcantarense merece respeito.

Com tanto descaso e falta de respeito com o povo, a população continua sem poder ter acesso a serviços básicos de saúde, já que as unidades estão a maior parte de portas fechadas devido o atraso salarial dos profissionais e falta de matérias básicos.

É necessário que alguma intervenção urgente seja feita na cidade de Alcântara para que assim os trabalhadores possam ter seus direitos atendidos.

Blog Luís Cardoso (com Edição)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *