Justiça determina suspensão da greve de servidores em São Luís

Justiça determina suspensão da greve de servidores em São Luís

protesto_sl

O desembargador Raimundo José Barros de Sousa determinou, após pedido de tutela provisória de urgência antecipada, nessa terça-feira (21), a imediata suspensão do movimento grevista iniciado pelo Sindicato dos Funcionários e Servidores Públicos Municipais da Administração Direta e Indireta, Autarquias, Fundações Públicas, Empresas Públicas e Empresas de Economia Mista de São Luís (Sinfusp-SL). Em caso de descumprimento, o sindicato está sujeito a multa diária no valor de R$ 10 mil.

Segundo o desembargador, chama a atenção o fato de que inexistiu qualquer tentativa de negociação com o município antes que houvesse a decisão de deflagrar a greve. “É indiscutível que as atividades realizadas pelos servidores são serviços cruciais ao município de São Luís”, destacou Raimundo Barros em trecho da decisão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *