Professores da rede municipal iniciam greve em São Luís

Professores da rede municipal iniciam greve em São Luís

greve

O Sindicato dos Profissionais do Magistério da Rede Pública Municipal de São Luís (Sindeducação) iniciou na manhã desta quarta-feira (25) a greve geral da categoria por tempo indeterminado.

De acordo com o sindicato, os professores querem reajuste salarial de 11,36% integral com retroativo, e rejeitou a proposta da Secretaria Municipal da Educação (Semed), de 10,67% em duas parcelas, sendo a primeira de 5% no mês de junho, com retroativo a janeiro, e a segunda de 5,4% em novembro, sem retroativo. 449 professores da rede pública municipal decidiram pela paralisação das atividades durante assembleia geral extraordinária realizada no dia 19 de maio.

Ainda de acordo com o Sindeducação, 80% das 281 escolas da rede municipal de ensino estão sem condições apropriadas para abrigar alunos, com ‘infraestrutura degradada’ e ‘a grande maioria vulnerável às ações de criminosos, pela total ausência de segurança’.

3 thoughts on “Professores da rede municipal iniciam greve em São Luís

  1. Essa greve é absurda! Os professores estão tendo seus reajustes acima da média so salário mínimo e da inflação, e agora está diferença é de menos de 1%, por isso que digo, nós professores não devemos aderir, e comprar essa briga do sindicato.

  2. Esse valor exigido pelo sindicato é impossível de ser cumprido, pois a Prefeitura de São Luís está impedida, por força da lei eleitoral vigente, de conceder o percentual de reajuste de 11,36%. Conforme a Lei nº 9.504/1997, os agentes públicos não podem autorizar reajustes superiores à inflação apurada no pleito.

  3. Fui sindicalista e sei a hora de ceder, e nesse caso, nem deveriam ter começado essa greve, pois a Prefeitura desde o início estava disposta ao diálogo e concender o aumento, a questão é que agora está mais parecendo uma perseguição do que uma luta por melhorias para classe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *