Senado afasta Dilma Rousseff; Michel Temer assume

Senado afasta Dilma Rousseff; Michel Temer assume

117709.198107-Michel-Temer

O Senado aprovou hoje (12) a admissibilidade do impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), por 55 votos a 22, os senadores decidiram afastar a petista por 180 dias .

Com quórum de 78 deputados em plenário, eram necessários apenas 40 votos. O presidente da Casa, senador Rena Calheiros (PMDB-AL), não votou.

Dilma ainda será notificada da decisão antes de deixar o Palácio do Planalto. O vice-presidente Michel Temer (PMDB) deve assumir ainda nesta quinta.

Uma reunião às 16h no Senado, com a presença do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, definirá os próximos do processo.

Em até 180 dias os senadores voltam a se reunir para decidir se condenam a presidente à perda definitiva do mandato. Nessa segunda votação serão necessários votos de 2/3 (ou 54 votos) da Casa para cassar Dilma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *