PHS deve apoiar Edivaldo em troca de contratos milionários com a CTA

PHS deve apoiar Edivaldo em troca de contratos milionários com a CTA

phs-jorge-arturo-940x540

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) deve aumentar nos próximos dias o leque de partidos em torno de seu projeto de reeleição. Depois da entrada do PSD e do PEN, quem também se prepara  é o PHS.

A ida do PHS é dado como certa nos bastidores, uma vez que desde de 2014, a Secretaria Municipal de Fazenda (Semfaz) de São Luís mantém um contrato com a empresa Centro de Tecnologia Avançada (CTA), que tem entre seus sócios o vice-presidente nacional da legenda, Jorge Arturo.

Aparentemente, a CTA não possui qualquer contrato com a Prefeitura de São Luís – pelo menos nenhum aparece nas consultas feitas pelo Atual 7 ao Diário Oficial do Município (DOM), mas levantamento feito no Portal da Transparência mostra que a empresa já recebeu mais de R$ 1,3 milhão dos cofres públicos da capital, de um processo de n.º 17629, de 2014, restando ainda a receber pouco mais de R$ 5 milhões que se já encontram empenhados.

Tudo indica que um novo contrato deve ser aditivado,  somado a um novo contrato,  uma provável moeda de troca usada por  Edivaldo para que o Jorge Arturo e o PHS abandone o projeto de candidatura própria e a fim de apoiar a sua reeleição neste ano.

  • Do Atual7 com edição do blog

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *